Escolhidas pelo Editor

NNotícias

AAnálise Fundamental

AAnálise Técnica

Publicações em Vídeos

Últimas Notícias

Votação

Qual o sector que gostaria de ver analisado na próxima ronda?

Siga-nos

Últimos Comentários

Parabéns Guilherme pela(s) análise(s) e dedicação de toda a equipa. A análise fundamental é sempre uma mais valia para quem sabe conciliar o preço (através da análise técnica) e o valor da empresa. A longo prazo trás benefícios ao investidor. Um abraço.

Gil RumorFebruary 1 2018,Análise Fundamental

Boa tarde Tiago. Sem deixar de considerar os aspetos veiculados na análise não podemos considerar que fez um máximo inferior ao anterior (pelos 5,525€) e que fazendo um mínimo inferior ao anterior e quebrar a zona dos 5,032€ pode ser um sinal de fraqueza. E neste caso podendo revisitar a zona dos 4,500€. Cumprimentos, Rui

RuiJanuary 25 2018,Análise Técnica

Fundamentalist, O BPI continua ainda que já tendo subido desde a escrita do artigo, barato, evidentemente barato, o perigo aqui é o caixabank tentar algum truque, sendo no entanto que a allianz tem participações cruzadas com eles e está na estrutura acionista, por isso é um risco parcial, de resto o bpi mesmo com a desvalorização do AKZ, vale dois euros na boa

Guilherme Neves
Guilherme NevesJanuary 24 2018,Análise Fundamental

COL, o facto da baixa liquidez deriva da estrutura acionista da empresa em 54% é do duo de gestores, 10% de ações próprias e o resto está repartido entre fundos com posições grandes no capital da empresa, genericamente de longo prazo, Bestiver, Fidelity, fundos espanhois de investimento em valor, norges bank etc. A questão que se poe, é a seguinte, se o desconto no preço mais que compensa a iliquidez? que no caso de um particular não é assim tão relevante, mesmo que queiras vender vamos supor 2500 ações disto num dia vendes num range de 5% que foi o desconto de iliquidez que apliquei na avaliação. Quanto á questao eu considero que mais que compensa pois não há nesta fase do mercado empresas com uma free cash flow yield que esta tem num negocio em crescimento, em Portugal não há a não ser a estoril sol mas que tem ainda menos liquidez e a questão da concessão em 2020

Guilherme Neves
Guilherme NevesJanuary 24 2018,Análise Fundamental