Escolhidas pelo Editor

NNotícias

AAnálise Técnica

AAnálise Fundamental

Publicações em Vídeos

Últimas Notícias

Votação

Qual o sector que gostaria de ver analisado na próxima ronda?

Siga-nos

Últimos Comentários

que deliberações foram tomadas na assembleia geral de 30 maio 2018

avelinoMay 30 2018,Análise Fundamental

Olá João. Diría que no essencial estamos de acordo. A questão será se a CTG está disposta ou não a vender. Eu diria que pelo preço certo estarão, mas não discordo da possibilidade de pagarem um preço superior ao de uma potencial OPA de concorrentes por motivos geopolíticos

Tiago Esteves
Tiago EstevesMay 15 2018,Análise Fundamental

Caro Tiago Esteves, Laboras em erro. Não totalmente, a meu ver. Mas no fundamental laboras num erro. E vou tentar por desmontar os teus argumentos, começando pelo fim. 1.º A CTG ofereceu um preço baixo pela EDPR porque não está interessada em retirar a EDPR da bolsa. Pelo menos para já. E disso já deu conta o Mexia. Ofereceu um preço mixuruco por imposição legal. Tinha de fazer uma oferta pela EDPR. 2.º O lançamento da OPA tem intuitos de fazer subir a cotação da EDP. Claramente, e neste ponto dou-te razão. E para afastar eventuais (e presumidas) ofertas por empresas do sector. A CTG apenas quis dizer ao mercado: atenção nós estamos aqui e estamos atentas. E temos MUITO DINHEIRO. 3.º Os chineses não vendem a EDP. Por preço algum. A EDP é uma empresa estratégica (ou geopolítica) para os interesses da China. A China quer conquistar o mundo não pela força das armas mas através dos negócios. Como a Espanha tem feito com Portugal. É algo semelhante. A China tem uma estratégia, tem um plano e tem dinheiro para isso. 4. Por isso até gostava de ver surgir uma oferta concorrente para te aperceberes da tua falta de razão. Mas não acredito que surja uma oferta concorrente. Vão estar caladinhos e quietinhos metendo o rabo entre as pernas. 4. Não é verdade que a cotação actual da EDP seja alta. Basta olhar para as cotações históricas da EDP nos anos mais recentes. 5.º Quero acreditar que o lançamento da OPA, horas após o Mexia ter feito um desenho com traços sombrios sobre futuro próximo da EDP, não é obra do acaso. O Mexia está claramente alinhado com a CTG e não com os interesses dos fundos americanos como ouço por aí. Mas estes fundos acabam por beneficiar da OPA. 6.º Acredito quer a CTG não acredite no sucesso da operação. Esta OPA serve apenas para tomar o pulso ao mercado. E ver como reage o mercado. Mas se a OPA for para o mercado, acho que vão aceitar ficar com o máximo de ações da EDP que conseguirem. Um abraço.

João PintoMay 14 2018,Análise Fundamental

Olá João. Os webinários da Activtrades são publicados no canal deles do youtube alguns dias após a gravação. Provavelmente este também já deve estar lá

Tiago Esteves
Tiago EstevesApril 11 2018,Análise Técnica