A ameaça da S&P e a surpresa de Bernanke

Tiago Esteves
Duas notícias prometem ajudar a (in)definir o rumo do mercado português nos próximos tempos. Por um lado temos a surpreendente decisão da FED relativa à manutenção da compra de dívida nos 85 mil milhões de dólares. Esta decisão ajudará certamente à manutenção do clima de insuflação do mercado americano, o que acaba por ser mais ou menos positivo para todos os restantes mercados financeiros.
Por outro lado temos a ameaça da S&P relativa ao corte de rating da dívida portuguesa. Esta notícia por si só não é relevante, já que estes ratings têm na minha opinião um valor próximo do de lixo, mas acaba por ser interessante constatar que poderá estar em voga novo ataque ao mercado português. Curioso verificar que hoje o nosso mercado é o único na europa a negociar em baixa, reagindo sobretudo à notícia negativa! Dito isto, mantenho os receios de quedas no mercado português, sendo o mercado americano um óbvio foco de atenção longa.

Deixe uma resposta