A Pharol é como uma árvore morta a flutuar com a maré

Tiago Esteves

Ainda na senda das telecomunicações, analisamos hoje a Pharol. Se bem que, note-se, a Pharol tem actualmente menos de empresa de telecomunicações do que a mercearia do meu bairro. Esta cotada é, que fique bem claro, um veículo especulativo que não deve ser confundida de forma alguma com um investimento em valor. Mas, sabendo que ainda existe quem a detenha, e partindo do princípio que tudo sobe (até as UP do Montepio!?!) quando o mercado está eufórico, vale a pena dar uma vista de olhos ao gráfico. E a verdade é que a Pharol chegou a atingir uma valorização de 450% desde mínimos, dos quais pelo menos 110% poderiam ter sido capturados recorrendo a uma entrada por simples leitura do gráfico. Insano? Sem dúvida. Mas uma boa prova de que por vezes a ignorância em termos de AF até pode trazer benefícios.

Mas o entusiasmo parece estar a esgotar-se, e desde máximos o título já caiu mais de 40%. Ora, a definição de curto prazo poderá estar prestes a surgir, já que a Pharol está encurralada entre um suporte e uma resistência. A resistência dos 31 cêntimos, actualmente a ser testada, pode ser a derradeira fronteira para mais um rally. A ser quebrada em alta, pode muito bem levar o título novamente até à zona dos 36 cêntimos. A não ceder, pode motivar o regresso ao suporte dos 23,6. E esta marca representa agora o único refugio que pode impedir o título de entrar numa nova espiral depressiva (que será, diga-se, o caminho de longo prazo mais provável).

 

Apesar do forte rally ascendente a que assistimos no último ano, que fique bem claro que (na minha opinião pessoal) a Pharol não passa de uma árvore morta outrora pertencente a uma magnifica floresta que se encontra actualmente a flutuar com a maré. Pela sua instabilidade e componente 110% especulativa, será um título que eu não tenho o mínimo interesse em negociar, nem curto nem longo. Mas compreendo quem o faça, e admito que a sua volatilidade pode gerar retornos interessantes. Ainda assim, prefiro sem dúvida alavancar-me 10x numa empresa estável para me expor a este nível de oscilação financeira, do que negociar esta Pharol.

 

Deixe uma resposta