AFK – ETF sob títulos Africanos

Tiago Esteves
Como sabem tenho estado particularmente atento, numa óptica de longo prazo, aos desenvolvimentos económicos no continente Africano. É um continente com um enorme potencial, tanto no que diz respeito a recursos naturais como a margem de crescimento. Até há pouco tempo era difícil investir directamente nesse continente a partir de Portugal, estando esse investimento muito limitado aos fundos especialistas nessa região do Globo. Com a chegada dos ETF muito mudou e hoje trago até aqui um ETF que replica precisamente o comportamento dos índices africanos, o AFK.

E trago-o precisamente num momento em que é travada uma dura luta com uma importante resistência. Apesar de ter chegado até ele pelo alerta de H&S (padrão que não pode neste caso ser considerado devido à tendência dominante de lateralização), a quebra desta zona de resistência poderia colocar um fim ao estado de lateralização que dura já alguns anos, deixando caminho aberto para uma considerável subida. Tendo um beta de 0,77 e uma Yield de 3,5% poderá certamente constituir um importante instrumento de diversificação defensiva.
Isto (sobretudo) se conseguir quebrar a resistência!

Deixe uma resposta