Ainda a Sonae Indústria – Há coisas que só acontecem em Portugal!

Tiago Esteves
Depois de a Sonae Industria ter iniciado um processo de Aumento de Capital que só simpaticamente pode ser classificado como surpreendente, e de ter apresentado um comportamento no dia de ex-direitos que também tem o seu quê de surpreendente, nos últimos dias também me tem surpreendido bastante. Não é por ter hoje terminado a negociação dos direitos com cada direito a valer 0,0001 euros, isso já era de certa forma esperado! A grande surpresa vem do brutal desfasamento entre o actual preço das acções e o preço teórico. O preço de mercado da Sonae Indústria é actualmente de 3,1 cêntimos, mas o preço via direitos aponta para o valor de 1 cêntimo por acção. Um prémio potencial de 198% para todos os que quisessem comprar hoje direitos e subscrever novos títulos para vender no dia de admissão às novas acções! Isto se até lá o preço se aguentasse, claro…
Não é a primeira vez que isto acontece em Portugal, mas duvido que aconteça muitas vezes em outras partes do mundo. Eu, pelo menos, não conheço mais nenhum país onde aconteçam fenómenos como este… O que acontecerá entre o dia de amanhã e o dia 3 de Dezembro? Possivelmente uma lenta agonia, apesar de não descartar alguns rallies ascendentes. E o que acontecerá no dia 4 de Dezembro, dia em que as novas acções começam a negociar? Cada vez tenho menos dúvidas, nesse dia a Sonae Indústria abrirá a valer cerca de um cêntimo. Pode até ser 1,1 ou 1,01, mas não vejo a mínima possibilidade de a cotação se aguentar, pelo menos nesse dia e no curto prazo, muito acima do patamar do cêntimo. O que acontecerá no longo prazo não sei, não quero para já fazer juízos em relação ao seu real potencial de crescimento. Quanto ao que vai acontecer até ao dia 4 de Dezembro, tenho de facto poucas dúvidas. A desvalorização potencial a partir deste ponto será superior a 60%. 
Mas, como tenho vindo a dizer em relação a todos os posts sobre este tema, pode ser que me engane…

Disclaimer
Todos
os comentários e posts publicados neste blogue são meras opiniões pessoais, não
devendo ser confundidas com recomendações de compra ou venda. As compras e
vendas são da responsabilidade do investidor, bem como os lucros ou perdas daí
resultantes. Se necessitar de aconselhamento financeiro contacte uma entidade
ou profissional certificados pela CMVM

Comment List

  • Carlos Varandas 19 / 11 / 2014 Reply

    Ola Tiago de facto estou totalmente de acordo com tudo que aqui escreveste. Pensei que este AC fosse só para acionistas, no entanto não sendo acionista fiz o pedido de aquisição de um pequeno número de acções só para ver o que dá. Aguardo com expectativa o número de acções que me vão dar.
    Quanto a possível cotação não tenho duvidas nenhumas, ela no dia da negociação estará muito perto do 1 cêntimo mas pelo sim pelo não subscrevi a ver no que da. A longo prazo penso que sinceramente é impossível pensar numa tendência, agora que a diluição de acções vai ser massiva isso vai.

    Cumps

  • Anónimo 20 / 11 / 2014 Reply

    Boa Tarde

    Tiago

    Percebo o que dizes… no entanto deixa-me deixar umas notas :

    O AC é ou nao e todos subscrito ?
    Se nao for a cotacao garanto-te que vai arrancar bem acima de 1 centimo porque o Belmiro fica com mais percentagem na empresa e ele nao vende em mercado… vende fora de mercado com prémio de controlo… ou seja se por exemplo ele ficar com 71.4% apos o AC ele vai querer vender 20% para ficar com os 51% que lhe interessam para continuar a mandar…mas entre institucionais existe algo chamado prémio de controlo por fatias grandes… ou seja o belmiro vende por exemplo esses 20% a 1 centimo e meio por exemplo a um institucional… nao sei se me estou a fazer entender…

    2 – e se dia 26 apos o apuramento do AC a empresa comunica que o institucional x e ou Y passam a ter posicoes qualificadas na empresa ? a cotacao arranca a 1 centimo ??? duvido…

  • Tiago Esteves
    Tiago Esteves 20 / 11 / 2014 Reply

    Caro Anónimo,
    Compreendo esse ponto de vista, mas infelizmente vejo-o como difícil de se concretizar. É muito provável que o AC não seja totalmente subscrito, mas isso não será positivo para a cotação. A falta de pressão compradora acentua a tendência de convergência para o valor de colocação, o cêntimo. O cenário de prémio de controlo é pouco provável, sobretudo se os institucionais quiserem assumir uma posição. Repare que, se o AC não for totalmente subscrito, eles poderão comprar essas acções restantes em AC a 1 cêntimo cada. Se isso se afigurasse como provável, teríamos visto pressão compradora nos direitos. O facto de não ter acontecido, leva-me a pensar que nenhum institucional irá assumir uma posição no processo.
    Abraço e boa sorte

  • Carlos Varandas 20 / 11 / 2014 Reply

    Sinceramente gostaria muito que arrancasse acima do 0,01 porque as ações que me forem atribuídas em rateio sinceramente penso despacha-las logo na ronda inaugural porque sinceramente olho para a sonae industria com muita desconfiança. Infelizmente acho que vai acontecer o que o Tiago falou e vai andar muito perto do 0,01. Vamos esperar para ver mas a correção de hoje foi o primeiro sinal.

Deixe uma resposta