Análise Técnica – A Altri não está ainda livre de apuros

Tiago Esteves

 

Já la vai algum tempo desde a última análise que fiz à Altri. Nessa altura, em finais de Fevereiro, o título mantinha-se acima do suporte dos 5,02€ e tudo parecia relativamente seguro. Entretanto o título activou um padrão top que o projectava para os 4,43€, projecção essa que foi atingida com sucesso e de uma forma bastante rápida. O volume não foi muito elevado, é certo, mas ainda assim fragilizou significativamente o médio prazo do título.

Durante o mês de Fevereiro a Altri acabou por fabricar um duplo fundo, que gerou uma reacção ascendente cuja projecção foi também já atingida. Há, contudo, um par de factores que me levam a acreditar que a Altri não está ainda livre de apuros, podendo mesmo ver-se em breve uma nova quebra descendente.

Um desses factores é o padrão de volume. Comparativamente com o último ano, o volume tem deixado de se fazer notar nos momentos ascendentes. Isto foi notório nesta última semana, onde (apesar da época) o volume foi decrescendo gradualmente durante a subida. O outro ponto de preocupação é a aproximação a uma forte zona de resistência pouco após se ter concretizado a já mencionada fragilização para o médio prazo da Altri. Não creio que o título consiga fazer um breakout rápido e simples. E mesmo que o fizesse, dificilmente tal acontecerá sem que exista uma nova recuperação descendente parcial.

Estratégia de negociação para a Altri

  • Para quem está já dentro, o cenário mais seguro passará por aguardar para ver a reacção do título à zona de resistência. O gráfico horário deve ser vigiado, e caso surja um padrão de inversão, é prudente fazer scaling out da posição. Reforços neste momento na Altri só num cenário como o do duplo fundo recentemente activado
  • Para quem pretende entrar, escusado será dizer que as entradas longas serão nesta fase demasiado arriscadas. O título não tem suportes próximos, e prevê-se um pullback. Não será contudo despropositado considerar uma entrada curta. Aqui o cenário será o mesmo colocado para o scaling out, ficando a entrada dependente da possibilidade de activação de um padrão de inversão no gráfico horário.
  • Para o longo prazo do título, a referência de negociação está agora nos 4,41€. Caso este suporte seja quebrado, acredito que a Altri inverterá definitivamente a sua tendência. Para já, estamos contudo ainda longe da concretização dessa possibilidade

Altri

 

 

_____________________________________________________________________

 

 

Deixe uma resposta