Análise à Prata

Tiago Esteves
Conforme prometido deixo uma análise rápida ao gráfico da prata, um interessante metal que tem sido arrastado no bear market dos restantes metais preciosos devido à correlação existente entre eles. Na minha opinião a prata é muito mais interessante do que o ouro, por exemplo, pois não se limita a ser um metal brilhante utilizado para fins ornamentais e valorizado pelo papel que durante anos teve nas transacções comerciais. A prata tem um papel objectivo na indústria e na medicina e em muitos outros sectores, o que lhe continuará a proporcionar um valor concreto e tangível. O que é certo é que as quedas já vão em 65% desde o topo da bolha e nada a nível técnico nos transmite abrandamento.

Após um falso break em Fevereiro de 2012, mantém-se inalterado um padrão de lower-highs, que conta já com 6 pontos efectivos. Aproxima-se agora de um suporte formado por um ponto de reacção ascendente de 34%, o que eventualmente poderá significar um abrandamento no ritmo de quedas. Ainda assim, para eu ficar positivista neste metal teria de ver uma ultrapassagem à forte resistência dos 24,7, o que está ainda longe de acontecer. Para já continuarei a acompanhar este metal com todo o interesse, mas certamente de fora. Se o suporte dos 18,5 quebrar, as coisas poderão ficar ainda mais feias, não obstante de mais cedo ou mais tarde se esperar um ressalto. Mas se um dia negro não faz um bear market, um ressalto também não gera um bull market.

Deixe uma resposta