Análise Semanal – EDP Renováveis

Tiago Esteves
A vencedora da análise semanal foi a EDP Renováveis. À semelhança do índice de referência, o PSI20, também a EDPR se encontra num ciclo descendente de longo prazo. Desde a sua colocação em bolsa, em 2008, já fez quatro máximos relativos de longo prazo sucessivamente inferiores ao anterior e encontrar-se-à actualmente a fazer o quinto. Sendo um título marcadamente técnico, tem por tradição dar sinais consistentes de inversão e/ou consolidação.
Depois de um ano de 2012 bipolar, em que foi protagonista de uma queda de 50% na primeira metade do ano  (delimitada por um canal descendente de relativa consistência) e de uma subida de 100% na segunda metade, 2013 parece estar a ser um ano de distribuição.

Ao que tudo indica, a EDPR estará actualmente a fazer um round top, com três higher-highs a darem lugar a dois lower-highs e volumes em crescente estagnação. Se somarmos esse sinal à death cross que recentemente se formou (e, como podemos ver pelo histórico, este é um título onde os cruzamentos dariam trades lucrativos) e ao potencial de correcção que os principais índices de referência terão, a EDPR poderá mesmo estar a preparar-se para uma inversão de tendência de médio prazo.

Se as cotações quebrarem em baixa o suporte, que actualmente se encontra nos 3,6€, o round top confirma-se e o potencial de queda numa zona sem qualquer suporte recente é muito significativo. A seguir-se a tendência de longo prazo, de lower-lows, poderemos mesmo caminhar para novos mínimos. Todo este cenário se inverte caso os actuais máximos sejam quebrados em alta, numa primeira fase os 4,07 e numa segunda fase os 4,23. As notícias de uma absorção da EDPR por parte da EDP (que será decidida até 2015) poderão regressar a qualquer momento, tornando a direcção da cotada certamente mais imprevisível. Para já estou curto e na expectativa, mas bastante despreocupado.
 
Disclaimer: Estou actualmente curto na EDPR. Mesmo que involuntariamente, este facto poderá de alguma forma retirar rigor à minha análise

Deixe uma resposta