Apenas 14% das empresas cumprem prazos de pagamento em Portugal – estudo

Agência Lusa

Agência Lusa

, Notícias

Portugal mantém-se como um dos países com mais empresas que não cumprem prazos de pagamento aos fornecedores, com apenas 14% a pagar nas datas acordadas, segundo o Barómetro de Pagamentos da Informa D&B.

“No final de maio de 2019, a percentagem de empresas que cumpre os prazos de pagamento em Portugal foi de 14%, um registo muito baixo e que tem vindo a degradar-se nos anos recentes”, refere aquele estudo.

Portugal apresenta, assim, uma tendência que contraria a média europeia e os seus principais parceiros económicos, que têm demonstrado uma “redução significativa de empresas incumpridoras dos prazos de pagamento” nos últimos 10 anos.

O estudo aponta as microempresas como as que mais contribuem para agravar este indicador em Portugal, uma vez que representam cerca de 95% do tecido empresarial nacional e, entre 2009 e 2018, a percentagem destas empresas que paga aos seus fornecedores dentro dos prazos acordados desceu de 26,7% para 14,2%.

O Barómetro de Pagamentos concluiu ainda que “a percentagem de empresas com atrasos superiores a 90 dias era de 9,4% no final de maio”, “65,2% paga com um atraso até 30 dias” e a “média do atraso é neste momento de 28,9 dias”, considerando a totalidade do tecido empresarial.

A Indústria é o setor com menos empresas a cumprirem os prazos de pagamento (apenas 38,1% cumprem).

Pelo contrário, os setores com mais empresas cumpridoras são os Serviços Financeiros, com 67,8%, a Agricultura, florestas, caça e pesca, com 64,9%, e os Serviços, com 61,0%.

MPE //

Lusa/Fim

Deixe uma resposta