Aumento de Capital do BCP – 98,8% dos direitos subscritos

Tiago Esteves
Já são oficiais os resultados do aumento de capital do BCP, confirmando-se a sua subscrição na totalidade. A desvalorização controlada dos direitos e a não desvalorização das acções em mercado já fazia antever o sucesso da operação. Ainda assim, não deixa de me surpreender a angariação de tamanho montante financeiro num momento tão conturbado para a banca nacional. Acabou por haver lugar a um pequeno rateio por iterações, sendo considerado como tecto para a iteração o montante solicitado por via de direitos. Na primeira iteração (que é a que realmente importa) o factor de rateio foi de 3,57%. O que significa isso? Imaginemos que eu tinha direito a subscrever mil acções por via dos direitos, mas candidatei-me a mais 5000 caso houvessem sobrantes. Receberei, além das que tenho direito por via do normal processo de subscrição, mais 36 acções por via do processo de rateio (das 5000 pedidas em excesso, apenas entra no processo de iteração o número equivalente às acções em direito no processo primário – neste caso 1000).

Espera-se, apesar do sucesso da operação, alguma pressão vendedora no final do mês. O esforço financeiro que alguns accionistas fizeram para participarem no processo de AC poderá reflectir-se em vendas parciais no dia 28 com o objectivo de diminuir a exposição ao banco. Para quem estiver nessa situação, recordo que existe a possibilidade de fazer a cobertura da posição com uma posição curta em igual proporção à que pretende ser vendida.

Lista de Comentários

  • Daniel Pires 22 / 07 / 2014 Reply

    Boa noite Tiago

    Relativamente a este aumento de capital quem entrou no aumento de capital conseguiu um lucro ou prejuizo? será que conseguiria melhor negocio vender as acções e recomprar depois?
    E quem foi a rateio conseguiria melhor resultado comprar no mercado sem ir a rateio?
    Nao consigo fazer as contas certo hehehe

  • Emanuel 22 / 07 / 2014 Reply

    O preço das açoes no dia 28 será corrigido ou entram ao preço actual ? (0,1030)

  • Tiago Esteves
    Tiago Esteves 22 / 07 / 2014 Reply

    Daniel,
    o preço tem vindo a corrigir, por isso ainda ninguém conseguiu ganhar nada no processo. Quem foi ao AC conseguiu não perder 100% do dinheiro dos direitos, apesar da desvalorização de 40%.

    Emanuel,
    Entram ao preço actual

  • Tiago Esteves
    Tiago Esteves 22 / 07 / 2014 Reply

    Daniel,
    o preço tem vindo a corrigir, por isso ainda ninguém conseguiu ganhar nada no processo. Quem foi ao AC conseguiu não perder 100% do dinheiro dos direitos, apesar da desvalorização de 40%.

    Emanuel,
    Entram ao preço actual

  • Carlos Varandas 24 / 07 / 2014 Reply

    Ola Tiago. Não sou accionista da BCP mas olho para ela com alguma expectativa de a ver valorizar-se. Consideras o preço actual de entrada 0,11e hipervalorizado? Sinceramente não comprei a 0,10e porque pensei que o mercado fosse ajustar cerca dos 0,07 ou 0,08 mas se calhar enganei-me…

    Com os melhores cumprimentos.

  • Tiago Esteves
    Tiago Esteves 24 / 07 / 2014 Reply

    Olá Carlos. Tenho sempre dificuldade em avaliar uma empresa com contas tão complexas e com tantos senãos financeiros como o BCP. Não vou entrar para já no banco, pelo menos até que se defina uma tendência. O grande teste à cotação do BCP ainda está para vir

  • Carina 24 / 07 / 2014 Reply

    esse teste de que fala, vem segunda feira. são conhecidos os suportes e resistencias? ou com este AC tudo fica alterado?

  • Tiago Esteves
    Tiago Esteves 24 / 07 / 2014 Reply

    Carina, eu continuo a considerá-los! Mas é verdade que ficam difusos, sobretudo as referências gráficas

  • Viri Athus 25 / 07 / 2014 Reply

    Bom artigo. Tiro certeiro 🙂
    Continuação de bom trabalho Tiago.

Deixe uma resposta