BCP entre um cenário mais optimista e um mais pessimista

Tiago Esteves

 

  – Depois de um aumento de capital gerador de uma diluição massiva, o BCP parece querer voltar à estabilidade em termos de preço
– Apesar de a consolidação no gráfico horário poder ser seguida de quebra em qualquer dos sentidos, a tendência prévia deverá prevalecer
–  A continuação da tendência prévia é igualmente expectável no gráfico diário, onde uma quebra descendente da consolidação poderá levar o título até aos 10 cêntimos
– Num cenário mais optimista, a quebra em alta da consolidação poderia levar o título até ao range dos 22 cêntimos
– Apesar de mais optimista, este é um cenário menos provável

Deixe uma resposta