BES – Análise Semanal

Tiago Esteves
O BES foi mais uma vez o título vencedor da sondagem semanal. Tendo sido analisado há cerca de um mês, as novidades não abundam. Conforme previsto, a divergência RSI acabou por ser responsável por um ressalto muito interessante, de quase 40%. Infelizmente para os accionistas do BES, temo que esse ressalto tenha terminado. Ao entrar em contacto com a poderosa zona de resistência o título retraiu-se, criando um lower-high. Foi um sinal de fraqueza, e tem de ser considerado como tal. Poderá eventualmente estar a ganhar fôlego para atacar a resistência, recuando até ao ténue suporte dos 49 cêntimos para se relançar, mas enquanto a resistência não for quebrada é melhor guardarmos os foguetes.

Há um aspecto positivo a considerar, a divergência de volumes! Pode ver-se de forma clara no gráfico que (e como é óbvio, visto o número de títulos em circulação aumentou) os volumes têm vindo a ser superiores depois do aumento de capital. O facto interessante está relacionado com os picos de volume estarem associados aos movimentos de subida. Repare-se que os dias que antecederam o toque na resistência tiveram mais do dobro do volume, quando comparados com os dias correspondentes à retracção. Isto poderá ser um sinal de acumulação que deve ser tido em consideração.

Vistas todas as evidências, parece-me claro que nos encontramos actualmente num momento decisivo que poderá tornar-se no impulso necessário para uma inversão de tendência. Ainda assim, actualmente continuamos em pleno bear market! E a menos que a resistência seja invadida nas próximas sessões, não me espantaria que fôssemos a mínimos novamente.

Deixe uma resposta