BES a consolidar o seu estado de (des)graça

Tiago Esteves
As coisas com o BES não estão fáceis… Depois de ter sido adiada a apresentação de resultados, agora é a AG que é suspensa, quando se sabe já que os prejuízos ascenderão a cerca de 3 mil milhões de euros! Perguntam-me vocês:
– Mas como é que podes ter a certeza que os números indicados pela imprensa estarão de facto próximos do que será a realidade?
Respondo eu:
– Infelizmente tenho mais motivos para confiar na acuracia da imprensa do que na capacidade que a CMVM deveria ter de fiscalizar e impedir graves fugas de informação.

Dito isto, a confirmarem-se os 3 mil milhões de prejuízo, um novo Aumento de Capital passa a ser uma certeza. E o que significa isso? Diluição, da massiva! Pelo menos de 900 milhões, se bem que eu apontaria para um valor entre os 1000 e os 2000 milhões. Com uma capitalização bolsista ligeiramente acima dos 2 mil milhões de euros (ainda no início do ano andava nos 6!), uma diluição para metade provocará certamente um rude golpe em todos os que não acomparem o processo de aumento de capital.

Tecnicamente, as coisas não estão mais bonitas. Depois do H&S top que sinalizou toda esta desgraça, o BES activou hoje a segunda bandeira de baixa, com uma projecção tão assustadora que eu até tenho vergonha de indicar o valor. As coisas não estão bonitas para os longos, muito menos para os que andam a tentar adivinhar o fundo. Para mim, o BES é apenas para observar atentamente de fora. A volatilidade é tão extrema que pode perfeitamente cair 50% num mês como subir 100% em dois dias. Um comportamento digno de montanha russa! Ou, se quisermos uma ilustração mais fiel, uma verdadeira roleta russa. Para mim, só mesmo quando der sinais de inversão. Deixo essas ocasionais subidas estratosféricas para todos aqueles que tiverem mais jeito para a adivinhação do que eu.

Disclaimer
Todos
os comentários e posts publicados neste blogue são meras opiniões pessoais, não
devendo ser confundidas com recomendações de compra ou venda. As compras e
vendas são da responsabilidade do investidor, bem como os lucros ou perdas daí
resultantes. Se necessitar de aconselhamento financeiro contacte uma entidade
ou profissional certificados pela CMVM

Lista de Comentários

  • Anónimo 29 / 07 / 2014 Reply

    Boas Tiago,

    Estamos a falar em 0,18€?

    Abraço,
    André

  • Tiago Esteves
    Tiago Esteves 29 / 07 / 2014 Reply

    Dá-me 23 cêntimos, André.
    Abraço

  • Anónimo 29 / 07 / 2014 Reply

    Obrigado!

    Começa a ser "ridículo" ver 3 dos 4 bancos da praça principal cotados a menos de 1€, e pior ainda, cotados a menos de 0,20€…

  • Anónimo 29 / 07 / 2014 Reply

    Boa noite tiago,

    Não tenhas medo de dizer as projecções técnicas.

    Lembro-me do Luis Tavares dizer que o BCP podia ir aos 0,07, estava quase 10X mais cara.

    Tiago podes fazer uma analise ao PSI? SFF. Uma imagem chega.
    Jonas

  • yautja 29 / 07 / 2014 Reply

    Mas o preocupante é que não faltará pessoal a tentar advinhar fundos apenas porque viu uma vela favorável. Depois como corre mal, vêm culpar o "espírito santo"…..

Deixe uma resposta