Bolsas europeias seguem em terreno positivo a aguardar discurso Fed

Agência Lusa

Agência Lusa

, Notícias

As bolsas europeias abriram hoje em alta, uma tendência seguida por Lisboa, com os investidores a aguardarem o discurso do presidente da Reserva Federal norte-americana (Fed) e em vésperas da cimeira do G7.

Cerca de meia hora após o início da sessão, os ganhos na Europa oscilavam entre os 0,69% de Madrid (IBEX 35) e os 0,34% de Paris (CAC 40).

Num dia sem indicadores macroeconómicos relevantes, os investidores aguardam a intervenção do presidente da Fed, Jerome Powell, na reunião de Jackson Hole, Wyoming, Estados Unidos.

O encontro anual dos governadores dos principais bancos centrais em Jackson Hole, um dos fóruns mundiais de debate mais influente sobre política monetária que se realiza desde 1978, arrancou na quinta-feira sob o espetro de uma possível recessão económica.

As atas da última reunião da Fed, divulgadas na quarta-feira, mostram que, depois de ter decidido baixar as taxas de juro em 25 pontos base, o banco central norte-americano mantém “todas as opções em aberto” quanto à evolução dos juros.

As atenções centram-se agora na intervenção que o presidente da Fed vai fazer hoje, na abertura da conferência de Jackson Hole, com a expectativa de que Powell possa dar alguns sinais quanto ao rumo da política monetária.

Além disso, os investidores aguardam com expectativa os desenvolvimentos da cimeira do G7, dos países mais industrializados do mundo, onde participam os líderes da Alemanha, Canadá, Estados Unidos da América, França, Itália, Japão e Reino Unido, que arranca no sábado e termina em 26 de agosto em Biarritz.

Lisboa seguia a tendência europeia e valorizava-se 0,27% para 4.870,01 pontos, com os CTT a liderarem as subidas.

O euro negoceia nos 1,107 dólares, abaixo dos 1,108 dólares registados no final do dia de quinta-feira, sem indicadores económicos que suportem a sua subida e perante várias incertezas que assolam atualmente a Europa.

O preço do barril de Brent, que serve de referência para a Europa, subia 0,26% para 60,10 dólares.

ALU // CSJ

Lusa/Fim

Deixe uma resposta