BPI – Mais um passo na direcção do PSI10

Tiago Esteves
Após anos e anos de tentativas de OPA vindas das mais diversas direcções, tudo indica que será desta que o BPI é mesmo opado. É hoje noticiado que a comissão europeia já deu luz verde à operação de aquisição (outra coisa não se esperaria, já que foi um dos factores de pressão para que esta acontecesse), o que se traduz em menos uma barreira para a efectivação da operação. O preço, como seria de esperar, estabilizou no valor da OPA. Apesar do esforço dos pequenos accionistas no sentido de subirem o valor da contrapartida, a probabilidade de terem sucesso nesse movimento será baixa. É um filme que se repete de tempos a tempos, e cujo fim tem sido (que me recorde) sempre o mesmo.

A avançar, acredito que a OPA acontecerá mesmo pelos 1,134€. Enquanto este nó não se desfaz, são apenas expectáveis eventuais movimentos especulativos de pequena amplitude. Não é, contudo, de descartar algum golpe de teatro. Quem não se lembra do sucedido com a Cimpor, que quando todos esperavam por uma OPA potestativa descolou do valor âncora da OPA para se desintegrar em bolsa. Apesar de pouco provável nesta situação, fica esse aviso: caso por algum motivo extraordinário a cotação comece a descolar significativamente dos 1,134€, pensem cinco vezes antes de comprar. De qualquer forma, a grande probabilidade é que já não existam mesmo mais mudanças na cotação. Mais um capítulo que se encerra….

Deixe uma resposta