CAC – Accor

Tiago Esteves

Depois de aparecerem sucessivas situações interessantes no CdB (trazidas sobretudo pelo Elias e rsacramento) relativas a cotadas no CAC, resolvi analisar mais pormenorizadamente esse índice. Confesso que fiquei algo surpreso por constatar que a maioria dos títulos que integram este índice são tendenciais e muito técnicas. Resumindo, são aquilo que os AT’s procuram.
À primeira vista encontrei meia dúzia de situações interessantes tecnicamente, potencialmente rentáveis. Embora ainda não estejam no Buy/sell point, podem aproximar-se dele em breve, sendo assim essencial irmos pensando atempadamente no que fazer quando esse momento chegar.

Para estrear esta nova “rubrica” sobre as mais interessantes do CAC escolhi a Accor (AC). Critérios? Ordem alfabética:)
A AC passou três anos a desenhar uma monumental H&S. A projecção deste padrão até é bastante simpático, pouco mais de 40% abaixo da neckline. Para um padrão desta dimensão as projecções geralmente são bastante mais arrojadas, irrealistas até. Neste caso concreto, continuamos a caminhar para o target (perto dos 22€) e não há sinais concretos que nos levem a pensar que já se encontra novamente em bull mode.
Assim sendo, todos os rallys serão potenciais oportunidades para shortar.

Então, e quando será o melhor momento para shortar? Sem dúvida que o melhor e mais seguro seria shortar junto à LTd que se vem formando consistentemente. Mas as cotações têm vindo a perder gás e não será fácil chegar até lá. A alternativa será entrar com uma posição reduzida na zona de resistência e completar a posição na LTd (caso lá chegue). O stop ficaria acima da LTd, já que se esta for quebrada a AC pode galopar até ao anterior máximo relativo.
Deixem-me enfatizar a expressão posição reduzida, já que se a entrada inicial for demasiado pesada pode comprometer toda a operação.

Por outras palavras, a perda potencial até uma visita à LTd não pode ser suficientemente dolorosa para nos fazer afastar. Se assim for, estaremos a sair no momento com uma melhor relação perda/benefício. Daí ser o local escolhido para completar a posição (completar é diferente de reforçar!!).
Os mais conservadores podem entrar apenas na LT. Se não chegar lá, paciência. Mais e melhores oportunidades virão.

As análises aos títulos do CAC serão exclusivas do blogue, não irão ser publicadas em nenhum dos fóruns

Disclaimer
Este comentário é uma opinião pessoal, não deve ser confundido com uma recomendação de compra ou venda. As compras e vendas são da responsabilidade do investidor, bem como os lucros ou perdas resultantes.

Lista de Comentários

  • António 11 / 02 / 2009 Reply

    Boa tarde Tiago

    Parabens por mais este serviço.
    Sobre a ACCOR penso que deverá ser
    um título que irá ser penalizado
    pela redução no turismo, vive da venda de dormidas e nos tempos que correm deverá haver uma retracção
    na procura.
    O ultimo trimestre já não foi famoso.
    um abraço e continua.
    keijas

  • Tiago Esteves 12 / 02 / 2009 Reply

    Olá António,
    Tenho de confessar-te que não tinha a mínima informação a nível fundamental em relação à Accor:)
    A leitura dos gráficos deixa-nos estes maus hábitos, de nem sabermos sequer em que sector elas se inserem. Agradeço-te o complemento de informação, fiquei ainda com menos dúvidas que terá margens redobradas para mais quedas.
    Abraço

Deixe uma resposta