CAC a recuperar bem após ameaça de inversão

Tiago Esteves
À semelhança do que acontece na maioria dos índices Europeus, também o CAC tem vindo a lateralizar no médio prazo. Neste caso podemos, no entanto, verificar um padrão de higher-lows que foi violado (apenas) na última retracção. Essa retracção, que acabou por resultar numa quebra em baixa do suporte, funcionou como falsa ameaça para um swing-down. Funcionou, pelo menos, como sinal de alerta para muitos dos que tinham posições longas abertas, provocando o seu encerramento. O gráfico parece mostrar, contudo, que a recuperação pode mesmo vir a acontecer. Ainda assim, não estamos para já livres de risco. Temos, no gráfico diário, dois cenários possíveis. Ou o máximo relativo anterior, nos 4558 pontos é ultrapassado em alta e a ameaça esvai-se, ou os 4333 pontos são quebrados em baixa e vamos mesmo assistir a uma retracção do índice nas próximas semanas. Para já manter-me-ei na expectativa relativamente a estas duas direcções possíveis, mas não posso deixar de dizer que tenho muito receio quando um suporte que é ao mesmo tempo um mínimo relativo se quebra em baixa. Geralmente dá problemas…

No gráfico horário temos para já uma acalmia, modelada pela activação de um padrão de inversão semelhante ao que vimos a formar-se no DAX. Padrão técnico bem definido, com projecção a ter sido já atingida, e um pullback à neckline. Nada a apontar do ponto de vista técnico. Não obstante, e apesar da falta de sinais de retracção, manifesto uma vez mais a minha preocupação. É, portanto, importante manter a atenção a sinais de inversão neste timeframe. Será o primeiro sinal de alerta, caso o meu sexto sentido esteja correcto. Se eu estiver simplesmente a ver coisas onde não existem, mantenham-se em linha com a tendência de curto prazo e aproveitem a subida enquanto possível.

Deixe uma resposta