China e Reino Unido determinados em renovar a cooperação pós-Brexit

Agência Lusa

Agência Lusa

, Notícias

A China e a Grã-Bretanha afirmaram hoje estar determinadas em renovar a sua cooperação pós-Brexit, nomeadamente ao intensificarem as relações entre as bolsas de Londres e de Xangai.

Durante a visita a Pequim do ministro das Finanças britânico, Philip Hammond, e em declarações aos jornalistas, o vice-primeiro-ministro chinês, Ma Kai, afirmou que “os planos pós-Bexit da Grã-Bretanha … marcam o início de um novo período de de oportunidade histórica para uma pragmática sino-britânica sobre o desenvolvimento económico e o comércio”.

O Reino Unido, que poderá deixar a União Europeia (UE) em 2019, anunciou a sua saída do mercado único europeu e da união aduaneira europeia para poder fazer acordos com países fora da UE e, nesse sentido, a China, com importantes recursos financeiros, é um aliado atrativo.

Philip Hammond, que chefia uma delegação britânica, disse que ambas as partes tinham acelerado os últimos preparativos para reforçar a cooperação entre as bolsas de Londres e Xangai e que acordaram examinar a possibilidade de ligar os mercados de obrigações.

Os dois países preparam-se também para criar um novo fundo de investimento bilateral no qual está envolvido o antigo primeiro-ministro britânico David Cameron, salientou Philip Hammond.

JS // MAG

Lusa/Fim

Deixe uma resposta