China limita levantamentos de dinheiro no estrangeiro

Agência Lusa

Agência Lusa

, Notícias

Os cidadãos chineses que viajam para o estrangeiro estão desde hoje limitados a levantar nas caixas automáticas 100 mil yuan (12.800 euros), numa medida para travar evasões fiscais, lavagem de dinheiro ou financiamento do terrorismo.

A decisão, anunciada a 30 de dezembro, limita a quantidade anual que pode ser levantada em caixas automáticas no exterior por pessoa, independentemente do número de cartões que possua, indicou o Governo chinês.

Até agora e desde 2003, o limite era de 100 mil yuan por cartão, o que permitia às pessoas com cartões de diferentes bancos levantar quantidades muito superiores.

Em comunicado, a administração estatal de divisas estrangeiras chinesa advertiu que os cidadãos que ultrapassem o limite agora imposto serão impedidos de levantar dinheiro no exterior durante o ano em que efetuaram o levantamento e no seguinte.

De acordo com dados oficiais chineses, em 2016, de todos os cartões bancários usados fora da China, 81% serviram para levantar um valor médio de 30 mil yuan, o que levou as autoridades a considerarem o novo limite suficiente para as necessidades normais de numerário dos viajantes chineses.

EJ // EJ

Lusa/Fim

Deixe uma resposta