Companhia Siderúrgica Nacional (NYSE:SID)

Tiago Esteves
A Companhia Siderúrgica Nacional é uma empresa Brasileira que opera na indústria do ferro e do aço. Depois de uma subida superior a 8000% entre 2002 e 2006 vive hoje tempos conturbados, com uma queda acumulada que ronda os 90%. O recente abrandamento da economia mundial fez-se sentir com especial impacto nesta empresa que depende directamente de dois sectores em particular recessão: a construção e a indústria automóvel. Isso tem-se feito notar nas suas contas e o mercado não perdoa.

O gráfico, como não poderia deixar de ser, tem reflectido esse momentum negativo e não está de facto com um aspecto famoso. Fui ao histórico do blogue ler uma análise que lhe tinha feito em 2009, altura em que as coisas estavam prestes a ficar complicadas devido a um monumental H&S que estava próximo da activação e acabei por detectar algo interessante. Após a quebra da neckline as quedas acentuaram-se e a grande inversão dessa tendência de baixa aconteceu suportada por um reversal H&S. Mais tarde, em 2011, foi a activação de um H&S que provocou a sangria a que hoje assistimos! Curiosamente a empresa tinha começado um ciclo de subida em 2000 suportado por um reversal H&S, terminou-o com um H&S e iniciou novo ciclo suportada por mais um reversal H&S… Serei o único a notar aqui um padrão?

Quero com isto dizer que não me espantaria ver uma nova fase bullish despoletada por um reversal H&S. Pelo contrário, dado o comportamento passado espantar-me-ia vê-la inverter de outra forma! E boas notícias parecem estar a querer surgir! Apesar de não se poder falar ainda numa inversão de ciclo, nem nada que se pareça, um H&S de inversão poderá estar prestes a activar-se. Modesto, com projecção de 25%, mas a confirmar-se poderá muito bem representar o ponto de ignição para novo ciclo ascendente. Curso de bolsa Curso de bolsa Curso de bolsa Curso de bolsa Curso de bolsa Curso de bolsa Curso de bolsa Curso de bolsa Curso de bolsa Curso de bolsa Curso de bolsa Curso de bolsa Curso de bolsa Curso de bolsa Curso de bolsa Curso de bolsa 
A perspectiva futura desta empresa parece-me bastante animadora. Apesar de uma entrada longa neste momento (antes de uma quebra em alta da eventual neckline) se poder revelar precipitada, se a inversão técnica for consumada e se acreditarmos numa recuperação dos BRIC, e considerando o brutal potencial de crescimento do continente Africano, este será um sector com enorme margem de crescimento. Muitos “ses”, é certo, mas a SID parece ser bem gerida e este período de contenção financeira tem sido aproveitado para cortar despesas e melhorar processos. Isto faz-me acreditar que, se tivermos disponibilidade para esperar alguns anos e paciência para entrar no momento certo, a SID tem tudo para ser uma grande aposta de longo prazo.

Deixe uma resposta