Confiança dos investidores na Alemanha subiu para máximo desde março de 2018

Agência Lusa

Agência Lusa

, Notícias

A confiança dos investidores a médio prazo na economia alemã subiu em abril para um máximo desde março de 2018, pelo sexto mês consecutivo e mais do que o esperado pelos analistas, foi hoje anunciado.

O Centro para a Investigação Económica Europeia alemão (ZEW) informou hoje que o índice de confiança dos investidores na Alemanha subiu para 3,1 pontos em abril, mais 6,7 pontos do que em março.

A avaliação da situação atual na Alemanha baixou em abril para 5,5 pontos, contra 11,1 pontos em março.

“As perspetivas para a economia alemã para os próximos seis meses continuam a ser muito reservadas”, segundo o ZEW.

A ligeira subida das expetativas conjunturais baseia-se sobretudo na esperança de que “o clima económico mundial evolua de maneira menos negativa do que o que se supunha até agora”, refere o presidente do ZEW, Achim Wambach.

O adiamento do ‘Brexit’ contribuiu também para a melhoria da confiança do investimento, segundo Wambach.

Contudo, adianta, os números da entrada de encomendas e de produção da indústria alemã mostram uma evolução conjuntural fraca.

O Bundesbank considera que a economia alemã cresceu de forma moderada no trimestre de inverno graças a efeitos extraordinários como o auge do setor da construção, que beneficiou com o bom tempo verificado em fevereiro e o aumento do consumo privado, mas que sem estes efeitos extraordinários positivos a tendência conjuntural da economia alemã continua contida devido à queda do setor industrial.

MC // JNM

Lusa/Fim

Deixe uma resposta