Confirma-se corte da taxa de juro por parte do BCE para os 0,75%

Tiago Esteves
Atinge-se uma taxa de juro histórica por parte do BCE, que nunca tinha cortado a taxa directora para um nível tão baixo. E qual é a ideia?
No fundo, e simplificando, esta medida tem como objectivo estimular a economia. Como? Emprestando dinheiro a um preço mais baixo espera-se que o investimento aumente, estimulando-se assim a economia e criando-se postos de emprego.
Tome-se como exemplo o credito à habitação. Espera-se que as famílias utilizem o dinheiro que passarão em breve a poupar para comprarem bens ou serviços, estimulando assim a área de negócio onde esse excedente financeiro irá entrar.
Por outro lado, este corte torna a poupança também menos atractiva, já que as taxas associadas aos depositos também diminuem.
Basicamente este corte é uma medida despesista. Essa associação ao estímulo da economia e das empresas está na base da subida que as bolsas geralmente têm sempre que se fala em novo corte.
Infelizmente não me parece que este corte nos vá levar a algum lado, especialmente a nós em Portugal, que precisávamos era de medidas para estimular a poupança e de diminuição da dependência externa, e não de medidas de estímulo à inflação. Valham-nos os bancos, que finalmente refrearam as comportas do crédito!

Deixe uma resposta