Corticeira Amorim com padrão preocupante

Tiago Esteves

Depois de ter activado um H&S top que a levou a desvalorizar quase 20% em um mês, a Corticeira Amorim continua agora a corrigir com um padrão típico de título em tendência descendente. Quer isto dizer que está já efectivamente em tendência descendente? Não, mas também há que ressalvar que estamos no limite para que esse cenário tenha de ser colocado. O título está neste momento e desde há já algum tempo a fazer um padrão de máximos relativos consecutivamente inferiores ao anterior, levando já 5 consecutivos. Para que o título não entre definitivamente em inversão de tendência de longo prazo, é imperativo que os 10,95€ não sejam quebrados em baixa. De um ponto de vista mais positivista, será imperativo que este padrão de máximos relativos consecutivamente inferiores ao anterior seja quebrado, o que acontecerá com a quebra em alta dos 11,965€ (o ponto actual não tem ainda amplitude descendente para servir de referência). Para terminar, importa salientar que este movimento ainda pode ser integrado num movimento de correcção natural (apesar de prolongado). Contudo, dados os sintomas, convém manter uma vigilância reforçada ao título.

 

_____________________________________________________________________

 

Deixe uma resposta