CTT – A luta pela quebra de uma estóica resistência

Tiago Esteves
Ficam os tópicos à análise desta semana aos CTT:
– Empresa não parece barata do ponto de vista financeiro, quando comparada com os seus pares;
– Fortíssima zona de resistência dupla condiciona o potencial de subida no médio prazo;
– Sinais de inversão no gráfico horário levantam negativismo de curto prazo

Comment List

  • Carlos Varandas 13 / 11 / 2014 Reply

    Vamos esperar para ver o que da o CTT. Consideras a confirmar-se claro, a criação do banco postal que uma entrada nestes valores seria interessante? Lembro-me de ler que com o banco postal o valor apontado para a ação seria de 10e, não sei se terá fundamento…

    Cumprimentos.

  • Tiago Esteves
    Tiago Esteves 13 / 11 / 2014 Reply

    Carlos,
    Acho os 10€ uma marca demasiado aleatória, ao género dos price targets que as casas de investimento emitem. Acredito que, de certa forma, a criação do banco postal já esteja de certa forma englobada actualmente no preço. O que aconteceria numa perspectiva de longo prazo estaria dependente da capacidade da empresa em gerar mais-valias a partir desse novo negócio. Do ponto de vista financeiro teria de olhar para as projecções de resultados para conseguir fazer uma avaliação mais efectiva do preço

Deixe uma resposta