Despedida da Cimpor fica marcada pela descrença

Tiago Esteves
Hoje foi o último dia em que a Cimpor marcou presença no PSI-20. Passará a partir de segunda para o PSI Geral, pelo menos até que esta situação se clarifique. Para assinalar a sua saída deixo um gráfico actualizado com a sessão de hoje. Notável de registar que em três dias a Cimpor caiu mais de 10%, precisamente depois de se conhecer o resultado da OPA. Quedas suportadas por algum pânico e bastante desconhecimento, por parte de pequenos investidores que não farão ideia do que se está a passar com as acções que alguém lhes recomendou comprar. Parece um cenário surreal, mas infelizmente continua a haver muitas, muitas pessoas que fazem aplicações financeiras de alto risco sem fazerem a mais pálida ideia daquilo em que se estão a meter.

Confesso que não resisti ao “convite” e abri uma posição alavancada próxima dos 5€. Apesar de a Camargo Corrêa não ser obrigada a avançar com a OPA Protestativa, tudo aponta para que tal aconteça. E se assim for, tal como eu disse ontem, todos os títulos em mãos individuais terão de ser vendidos por 5.5€, independentemente do preço a que foram adquiridos.

Bem, fica o gráfico actualizado da Cimpor, pela última vez.

Deixe uma resposta