EDP fecha oferta de recompra de dívida de até 425 milhões de euros

Agência Lusa

Agência Lusa

, Notícias

A oferta de recompra de dívida de até 500 milhões de dólares (cerca de 425 milhões de euros) da EDP foi concluída na terça-feira, tendo sido atingidos os valores pretendidos, segundo informou hoje a empresa ao mercado.

Em causa estavam duas emissões: uma de 969,5 milhões de dólares com cupão de 4,9% e com maturidade em outubro de 2019 e outra de 750 milhões de dólares, com cupão de 4,125% e prazo em janeiro de 2020, segundo informou a EDP em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

As ordens aceites foram limitadas “a um valor global máximo de 500 milhões de dólares”, o valor a que a elétrica se propôs, refere a EDP.

Na nota, a EDP indica que, “uma vez que a oferta foi inteiramente subscrita na ‘Early Tender Date’ [prazo inicial], as ordens de aquisição dos titulares que sejam submetidas após a ‘Early Tender Date’ não serão aceites”, pelo que “serão devolvidas aos respetivos titulares”.

A elétrica refere que vai esta operação se enquadra nas iniciativas para “otimizar a carteira de passivos da EDP e aumentar a maturidade média da sua dívida, utilizando liquidez disponível para reduzir o montante da dívida bruta”.

A oferta “não é dirigida direta nem indiretamente ao público em Portugal ou em circunstâncias que qualifiquem como oferta pública”, segundo a EDP.

ND // MSF

Lusa/fim

Deixe uma resposta