EDP Renováveis entra na Grécia com construção de parque eólico de 45 MW

Agência Lusa

Agência Lusa

, Notícias

A EDP Renováveis (EDPR) vai entrar na Grécia com a construção de um parque eólico de 45 megawatts (MW), assegurando durante 20 anos uma tarifa garantida pela venda de energia, foi hoje anunciado ao mercado.

Num comunicado publicado na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a EDPR, controlada em 82,6% pela EDP, anunciou que assegurou um ‘Contract for Diference’ [um contrato de tarifa garantida] de 20 anos, na sequência do leilão de energia grego, para a venda de geração eólica produzida pelo parque Livadi com 45 MW de capacidade”.

O projeto, localizado na região central da Grécia, tem início de operações esperado para 2020.

“A entrada neste novo mercado é mais um importante passo na estratégia de internacionalização do Grupo EDP. Este contrato é um sinal claro da nossa liderança nas renováveis, área em que a Grécia tem um elevado potencial de crescimento”, afirmou o presidente da EDP, António Mexia, numa declaração escrita enviada à Lusa.

No comunicado, a empresa diz que com este novo contrato “incrementa a sua presença europeia através da entrada num novo mercado com um desenvolvimento sustentável do seu recurso de energia renovável”.

O leilão teve uma capacidade total de 176 MW, dos quais a EDPR obteve cerca de 25%.

SP/JNM // CSJ

Lusa/fim

Deixe uma resposta