EDPR – Apesar da quebra, comportamento é imprevisível

Tiago Esteves
À semelhança do que vimos para a REN e a EDP, também na EDPR podemos assistir neste momento a alguma imprevisibilidade técnica. Este é outro título pertencente à limitada poll no PSI20 que não tem por hábito respeitar suportes e resistências. Segue alguns padrões, máximos e mínimos  relativos, e pouco mais.
Com isto dito, importa notar que foi recentemente activado um padrão top que poderá trazer em termos teóricos o preço até à zona dos 6,45€. Em termos práticos, tal pode não acontecer. Assistimos ainda recentemente, no início de 2015, à falha da concretização num um padrão bastante semelhante. Activou, consolidou, mas acabou por fazer um falso breakout e regressou aos ganhos. Será que vamos assistir mais uma vez a algo semelhante? É imprevisível… Enquanto o título estiver abaixo da zona de activação, estou negativista. Em condições normais já não deveria recuperar essa zona até, pelo menos, atingir a projecção. Mas se nos mercados há poucas coisas garantidas, quando temos um título a quebrar pressupostos ficamos ainda mais desconfiantes. Diria, em termos práticos, que os shorts serão para usar com moderação. Quanto a uma eventual posição longa, só em duas situações: ou inverte no gráfico horário de forma indubitável e abre espaço para se tentar uma posição de curto prazo, ou quebra os máximos relativos em alta e assegura o médio prazo. Caso contrário, o risco é bastante significativo.

P.S.: Esta semana estou fora do país, e por isso não consigo aceder ao gráfico H1 em boas condições. Se houver interesse reanaliso este e o(s) próximo(s) título(s) na próxima semana em gráfico horário.

Deixe uma resposta