Estará o BCP a fazer uma pausa para respirar ou a preparar-se para mergulhar?

Tiago Esteves
Hoje é dia de update ao BCP, a estrela do PSI-20 no último mês e meio. Desde a análise que lhe foi feita em finais de Dezembro este título subiu já 15%, o que suporta a minha teoria da altura (e de agora): vender uma posição só porque já subiu muito não faz qualquer sentido, os mercados são irracionais!

As últimas sessões têm sido marcadas por alguma apatia, o que não é estranho nem preocupante. O movimento, conforme estava a evoluir, era absolutamente insuportável. Para quem procura lucros de longo prazo o mais importante é a regularidade e não a velocidade! O presente abrandamento, até prova em contrário, deverá representar mais um movimento de consolidação semelhante aos três que já ocorreram após o breakout. É nesse sentido que apontam os volumes, em franca queda desde o início do abrandamento.

Apesar de não haver indícios nesse sentido, continua ainda assim sem se poder descartar uma correcção mais acentuada para breve. A acontecer, os 16,9 cêntimos poderiam representar uma interessante zona de entrada/reforço. Da mesma forma, a quebra da resistência que agora se parece querer formar acima dos 19,3 poderá despoletar mais um rally. Pessoalmente dispensava esta segunda alternativa, pelo menos sem que um padrão de consolidação digno desse nome se acabasse de formar nesta zona. Uma quebra em alta demasiado precoce é, nestes casos, geralmente pior do que uma descida ao suporte para tomar fôlego.

One Comments

  • Anónimo 20 / 01 / 2014 Reply

    Muito obrigado!

    José Graça

Deixe uma resposta