Galp a aproximar-se da zona de resistência

Tiago Esteves
A Galp tem apresentado nos últimos dois meses um interessante setup ascendente. Não se pode considerar que esta reacção seja surpreendente, já que se esperava uma reacção ao contacto com a zona de suporte. A aproximação à zona de resistência poderá representar uma oportunidade de short, já que os sinais de fraqueza na subida anteriormente indicados se mantém actuais. Na actual zona mantenho-me fora da Galp e neutro em termos de negociação, já que é possível que suba mais 5-6%. A partir dos 13.2€ ficarei curto até aos 13.4€, zona de finalização da zona de resistência e fronteira da lateralização.

Apesar de parecer um canal de amplitude modesta, se o stop estiver a 1% de distância da zona de entrada, a relação risk/reward é de 1:12, algo poucas vezes visto em termos de análise técnica. A margem de stop curta permite uma utilização de alavancagem moderada e com baixo risco. Se estivermos a falar do stop de 1%, podemos facilmente alavancar a posição para 5x o tamanho habitual e potenciar a margem de lucro para os 60% mantendo um razoável stop de 5% face à “exposição confortável”. Nada mau, na minha opinião…

Disclaimer
Todos
os comentários e posts publicados neste blogue são meras opiniões pessoais, não
devendo ser confundidas com recomendações de compra ou venda. As compras e
vendas são da responsabilidade do investidor, bem como os lucros ou perdas daí
resultantes. Se necessitar de aconselhamento financeiro contacte uma entidade
ou profissional certificados pela CMVM

Lista de Comentários

  • silvatradingpt 23 / 04 / 2014 Reply

    Absolutamente de acordo, também não encontro condição favorável para fazer qq setup de trade.

    Cumprimentos,
    P.Silva

  • Daniel Pires 24 / 04 / 2014 Reply

    BOm post Tiago

    Gostaria de dar 3 observações pertinentes:

    1-A galp fez um ombro cabeça ombro invertido com projecção nos 13.4 que em caso de rompimento dos 12.73 e stop nos 12.5 temos uma projecção de 3/1

    2-A segunda observação é para quem gosta das ondas e projecções de elliot: em caso de rompimento dos 12.73 entramos na onda conco com projecção da perna anterior que da tambem um alvo nos 12.73 e um risco ganho de 3/1.

    3- a terceira observação é para quem gosta de fibo ou seja desde o maximo de 13.4 ao minimo preenchido de 11.095 houve uma retração do movimento descendente de 61.89 ou seja teoricamente o movimento descendente terminou…

    Ou seja embora semanalmente o grafico esteja em lateralização, no grafico diario a acção tem tendencia ascendente pelo que tudo conjugado poderemos ter um trade com as probabilidades em nosso favor

  • Hugo O'Neill 24 / 04 / 2014 Reply

    Tiago em que medida é que um possivel corte no abastecimento de crude por parte da Russia à Europa poderá afetar a GALP?

  • Tiago Esteves
    Tiago Esteves 26 / 04 / 2014 Reply

    Daniel,
    Tenho algumas dificuldades em considerar esse H&S porque falta a principal permissa deste padrão. A tendência prévia é de lateralização e não descendente, o que limita desde logo o H&S. Ainda assim não deixa de existir, mas não creio que gere uma forte tendência ascendente a partir deste ponto.
    Concordo, ainda assim, que a tendência de longo prazo o possa favorecer. Para já prefiro manter-me neutro, que é o que faço em caso de dúvida 🙂

    Hugo,
    Duvido que esse cenário se venha a materializar. Se isso acontecesse seria excelente para a Galp.

Deixe uma resposta