Galp – Entrada curta e saída rápida

Tiago Esteves

Fica aqui o Update a uma entrada curta que já tinha sido proposta na análise da semana passada à Galp. Como eu tinha dito, iria entrar perto dos 14 por ser uma zona de forte resistência. Como é meu costume, nunca entro nem saio em valores redondos (a psicologia do número zero, qualquer dia escrevo sobre isso). Coloquei uma ordem nos 13,95 que acabou por ser disparada com bastante sorte à mistura (acho que o máximo do dia foi 13,96). Como esperado, reagiu em forte baixa e aproximou-se do suporte nos 12,5 rapidamente. Assim sendo acabei por sair por duas razões:
1º – Foi um lucro bastante rápido, como estava alavancado foi quase 40% em 3 dias
2º e mais importante – Continuo com um grave problema psicológico que tenho de resolver, a “aversão” ao lucro. Quando o lucro começa a pesar não consigo aguentar com ele muito tempo em carteira e tenho de aliviar a posição. Isso acaba por me prejudicar em algumas situações que poderiam ser mais proveitosas. O problema está identificado, vou tratar de o solucionar
3º – Aproximou-se do mini-suporte dos 12,5 e o petróleo também está em zona de suporte. Quando tenho dúvidas penso o seguinte: “se fosse para entrar agora, entrava”? Neste caso a resposta foi negativa e saí.
Fica debaixo de olho para uma possível nova oportunidade

Comment List

  • Anónimo 04 / 09 / 2008 Reply

    Olá Tiago.
    Mas que boas análises o Tiago tem por aqui…parabens!
    Depois de ler as suas análises, confesso que vou ser mais um leitor assiduo do seu blog.
    Já entrei na Galp a 13,16 e saí a 13,60, como gosto deste título, estou á espera para entrar novamente, mas depois de aprender mais consigo e com outros investidores mais sobre a Galp. A volatilidade desta assusta-me, e ainda não compreendi os sinais dela. No entanto vou ficar atento aos seus comentários.
    Mais uma vez parabéns pelo seu blog…Formidavel.

    Um abraço, matabears.

  • Tiago Esteves 04 / 09 / 2008 Reply

    Obrigado, Matabears.
    Vai passando por cá e deixa sugestões e comentários se assim o entenderes. Uns com os outros é que nós vamos aprendendo qualquer coisa.
    E, por favor, trata-me por tu:)
    Abraço

Deixe uma resposta