General Electric apresenta prejuízos 965 milhões de euros até março

Agência Lusa

Agência Lusa

, Notícias

A General Electric registou um prejuízo de 1.184 milhões de dólares (965 milhões de euros) no primeiro trimestre deste ano, contra um prejuízo de 117 milhões de dólares (95,2 milhões de euros) no mesmo período do ano passado, informou hoje a empresa.

A multinacional, que está a atravessar um processo de transformação, explicou em comunicado que até março, e excluindo as operações extraordinárias, teve um lucro por ação de 0,16 dólares, acima dos 0,12 dólares previstos pelos analistas.

As receitas no trimestre em análise cresceram 7% para 28.660 milhões de dólares.

A General Electric, um dos pesos pesados de Wall Street, tem uma ampla área de negócios e procura atualmente focar-se nos setores da energia, aviação e saúde.

Também tem negócios no setor químico, ferroviário e na engenharia marinha.

O presidente executivo da companhia, John Flannery, considerou que no primeiro trimestre a General Electric mostrou “sinais de progresso” ao nível do processo de transformação.

Em 2017, a General Electric tinha tido um prejuízo de 5.786 milhões de dólares.

A multinacional, no âmbito do processo de transformação, decidiu alienar o seu braço financeiro, a GE Capital, uma operação que espera completar até ao final deste ano.

Os dados hoje divulgados pela multinacional fizeram com que as suas ações seguissem a valorizar 4,61% na bolsa de Nova Iorque, liderando os ganhos das empresas cotadas no índice Dow Jones de Industrial.

JS// ATR

Lusa/Fim

Deixe uma resposta