General Electric passa de lucros a prejuízos de 5.021 ME em 2017

Agência Lusa

Agência Lusa

, Notícias

A General Electric anunciou hoje que registou prejuízos de 6.222 milhões de dólares (5.021 milhões de euros) em 2017, contra um lucro de 8.176 milhões de dólares (6.601 milhões de euros) no ano anterior.

As contas reportadas pela General Electric para exercício de 2017 refletem, segundo os analistas internacionais, “a profunda crise” que atravessa o conglomerado industrial norte-americano, que viu as suas vendas globais caírem 1% no ano passado, em termos homólogos, para 122.092 milhões de dólares.

Em termos trimestrais, a multinacional apresentou um prejuízo de 9.640 milhões de dólares no quarto trimestre do ano passado, que compara com um lucro de 3.670 milhões de dólares no mesmo período de 2016.

Estes números refletem a provisão de 6.200 milhões de dólares relacionada com a recente alteração do negócio de seguros da multinacional e com o impacto da reforma fiscal aprovada nos Estados Unidos e que já está em vigor.

Neste cenário, a General Electric admitiu que o supervisor dos mercados norte-americanos iniciou uma investigação sobre práticas contabilísticas que irão obrigar o conglomerado a rever as contas dos exercícios de 2016 e 2017, respetivamente.

O supervisor, além de estar a centrar a sua investigação sobre a recente alteração do negócio de seguros da multinacional, está ainda a analisar a informação relativa a receitas geradas com alguns contratos de serviços realizados.

Sem a provisão efetuada no quarto trimestre do ano passado, a General Electric teria tido um lucro de 0,27 dólares por ação, abaixo das previsões dos analistas que apontavam para 0,29 dólares por ação.

As vendas, por seu turno, caíram 5,1% no quarto trimestre, para 31.400 milhões de dólares, face a igual período do ano precedente.

O presidente executivo, John Flannery, iniciou no ano passado um processo para reverter a situação de crise ao fazer ajustamentos drásticos.

O gestor anunciou despedimentos, o corte do dividendo para metade, a venda de ativos e estuda ainda dividir o grupo em diferentes filiais.

A crise por que passa a General Electric levou a uma perda de mais de 40% do seu valor no ano passado, que se situava em mais de 100.000 milhões de dólares.

Atualmente, a General Electic está avaliada em 45.000 milhões de dólares.

JS // CSJ

Lusa/Fim

Deixe uma resposta