Gestão de Portfolio

Tiago Esteves

Tiago Esteves

, Sem categoria

Chegou finalmente a altura de revelar o primeiro projecto para dinamizar o blogue. Já me tinha sido sugerido por alguns leitores que eu começasse a fazer recomendações de negociação, recomendações passíveis de serem seguidas. Há alguns meses atrás recebi um convite do ClubeInvest, na pessoa do Pedro Miranda, para participar num projecto inovador a nível nacional de gestão de um portfolio virtual público.

As linhas do projecto depressa me seduziram e eu aceitei o convite, apresentado apenas a um grupo restrito de investidores. Cada Gestor receberá 100.000€ de capital virtual para gerir uma carteira de acções seguindo um conjunto de regras estandardizadas. Resumidamente existem 3 regras essenciais de Gestão:

1) Money Management: o portfolio tem de ser obrigatoriamente diversificado, neste caso com uma regra simples e estandardizada em que cada posição corresponde a 5% da carteira total (ou seja, para estar totalmente investido, o «gestor» tem de ter 20 posições em carteira).

2) Negócios passíveis de serem seguidos / replicados por outros membros, tal como seria de esperar caso se tratasse de um serviço de gestão de portfolios, em que as instruções têm de ser dadas aos «clientes» antes da abertura. Esta regra é concretizada limitando todas as entradas e saidas à abertura do dia seguinte (é no entanto permitido aos Gestores terem um stop ou uma ordem limite para as suas posições abertas). Serão permitidas posições curtas, embora caiba aos gestores certificar-se que estas são replicáveis no mercado.

3) Negócios Justificados: quem quer que esteja a acompanhar o desenvolvimento de um portfolio tem de perceber as razões que levam às entradas e saidas. Todos os negócios têm de conter um comentário por parte do gestor do portfolio, por mais simples que seja. É ainda possível ir publicando «updates de Follow Up» para cada uma das posições abertas (ou fechadas) bem como Updates Gerais ao Portfolio.

Todos os negócios serão supervisionados pela administração do ClubeInvest e serão apagados aqueles que não forem replicáveis ou que não tenham sido justificados.

O meu fundo foi carinhosamente apelidado de “Surfar a Tendência” e, ao contrário de alguns dos gestores que irão participar no projecto, optei por conservar a minha identidade e nickname. Embora esta decisão aumente a minha pressão enquanto estiver a gerir, aumenta também a responsabilidade que eu tenho sobre todos os que, semana após semana, acompanham o que escrevo.

Seria um engano prometer uma rentabilidade fantástica. Prefiro buscar um objectivo menos ambicioso, mas realista. Algumas das regras de gestão não favorecem a minha forma de actuar nos mercados (nomeadamente as limitações a nível de money management), mas estas são estandardizadas e é impossível agradar a todos os participantes. O meu objectivo será perseguir uma rentabilidade anual de 25-30%, sendo por isso uma estratégia muito mais ponderada do que especulativa. O capital a investir será dividido da seguinte forma:

– 20/30% para títulos de crescimento sustentado

– 60% para entradas tendenciais

– 10/20% para títulos especulativos ou de crescimento agressivo.

Embora existam cerca de 30 gestores, o meu objectivo não será, de forma alguma, concorrer com eles por uma melhor rentabilidade. Essa sim, seria uma fonte de pressão que poderia prejudicar a minha forma de gestão e isso é tudo o que eu tentarei evitar. A minha meta é somente a que deixei acima descrita e nunca procurarei discutir o top 5 ou o top 10 ou algo do género.

Embora à primeira vista não pareça, procurar uma rentabilidade de 25-30%/ano é uma tarefa complicada no longo prazo. Mesmo os melhores gestores do mundo falham na contínua manutenção desse objectivo. Nos períodos de maior dificuldade do portfolio (que certamente existirão) o objectivo principal será a manutenção do capital. Só resguardando o capital nos momentos conturbados se poderá apostar na expansão em tempo de bonança.

Para terminar, falta referir que todas as posições do portfolio serão replicadas no blogue, podendo no entanto ser acompanhadas directamente no ClubeInvest, em conjunto com dados estatísticos, etc.
Em breve surgirá aqui um link permanente para a janela de gestão do portfolio.

De sublinhar que este projecto pertence ao ClubeInvest e só replicarei as posições neste espaço enquanto me for permitido.

Todas as posições a apresentar durante este projecto serão meramente indicativas e nunca uma sugestão de compra ou venda. A compra ou venda e a sua responsabilidade, tal como lucros ou perdas daí decorrentes, pertencem na íntegra ao investidor.

Lista de Comentários

  • Anónimo 12 / 05 / 2009 Reply

    boa iniciativa! desejo-lhe sucesso nesse projecto e que consiga esse objectivo.

  • Tiago Esteves 18 / 05 / 2009 Reply

    Obrigado:)
    Espero não desiludir as expectativas de quem me acompanha.

    Abraço

Deixe uma resposta