Governo diz que em dois anos foram abertos 43 novos mercados para exportação

Agência Lusa

Agência Lusa

, Notícias

O secretário de Estado da Agricultura e Alimentação disse hoje, em Berlim, que, em dois anos, foram abertos 43 novos mercados para exportação para 140 produtos nacionais de origem vegetal.

“Em dois anos, abrimos 43 novos mercados, em países terceiros, para 140 produtos de origem vegetal […] e, neste momento, estamos a trabalhar em mais 36. Neste momento, estão bem encaminhados os dossiers da Índia, África do Sul e Estados Unidos, no que se refere à pera e maçã”, disse Luís Medeiros Vieira, que falava aos jornalistas após a sua visita ao ‘stand’ da Portugal Fresh, na feira de frutas, legumes e flores Fruit Logistica, que decorre em Berlim, na Alemanha, até sexta-feira.

O secretário de Estado da Agricultura adiantou que, no período de referência, foram aprovados 3.200 projetos, no montante de 760 milhões de euros, o que corresponde, em termos de apoio, a 1/4 do valor do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR), aprovado até ao momento.

“Os nossos agricultores estão a fazer um trabalho de modernização das explorações e de diferenciação. Este é um setor que inovou muito, quer ao nível dos processos, quer ao nível dos produtos”, concluiu.

De acordo com os dados disponibilizados pela Portugal Fresh, entre janeiro e novembro de 2017, as exportações para a Alemanha ultrapassam os 89 milhões de euros, o que se traduz num aumento de 14%, face ao mesmo período do ano anterior.

Em termos globais, as exportações de frutas, legumes e flores aumentaram 16% nos primeiros 11 meses de 2017, face a 2016, para 1.366 milhões de euros

No período de referência, os principais destinos dos produtos portugueses foram Espanha (418.566 milhões de euros), França (165.690 milhões de euros), Reino Unido (127.220 milhões de euros), Holanda (112.100 milhões de euros) e Alemanha (89.044 milhões de euros).

PE // CSJ

Lusa/fim

Deixe uma resposta