Gulbenkian entra no capital social da ‘startup’ Maze

Agência Lusa

Agência Lusa

, Notícias

A Gulbenkian anunciou hoje a entrada no capital social da ‘startup’ MAZE, uma decisão integrada no plano da fundação na área de inovação social, onde vai investir cerca de 10 milhões de euros em cinco anos.

A Gulbenkian “entrou no capital social da MAZE […], que se torna assim num parceiro estratégico para a promoção de utilização de novas ferramentas de investimento e financiamento para a criação de impacto. Esta decisão está integrada no plano estratégico da fundação na área da inovação social, onde vai investir cerca de 10 milhões de euros nos próximos cinco anos”, disse, em comunicado, a fundação.

A entrada no capital social da empresa (antigo Laboratório de Investimento Social) “concretiza-se através […] de uma ‘golden share’, uma ação de categoria especial, que mais nenhum outro acionista terá, e que proporciona voto privilegiado em questões estratégicas que assegurem a sua missão social”, explicou.

A Fundação Calouste Gulbenkian passa assim a pertencer aos órgãos sociais da empresa, com o objetivo “de manter uma ligação institucional” de longo prazo.

Esta é a primeira vez que a Gulbenkian faz este tipo de investimento numa ‘startup’.

PE // ATR

Lusa/Fim

Deixe uma resposta