Ibersol com significativo potencial de valorização – Análise de Valor

Guilherme Neves

Nesta análise será efectuada uma avaliação de valor à Ibersol, que de acordo com os seus dados financeiros parece apresentar um importante potencial de valorização. Clique no ícone abaixo para proceder ao download da mesma.

Lista de Comentários

  • ValeAquilino 26 / 09 / 2017 Reply

    Olá Guilherme, boa tarde.

    Já por algumas vezes (2 ou 3), olhei para a IBERSOL, mas “sempre de esguelha”, porque a liquidez quase invisível me empurra dali para fora.
    A análise que apresentas é, quanto a mim, (mas não sou conhecedor avalizado) muito interessante, mas olhando com mais atenção nestes dias após a tua “análise”, deparo-me com algumas dúvidas:
    1) – Segundo parece, a “muito boa gente”, o Valor Justo para o papel é: 15,36 €uros. ( a partir daqui, a tendência, parece-me mais para baixo que para cima) )Este valor foi atingido em: 19 Julho p.p. Antes do A. C. Mas antes (dia 01 de Julho) a cotação atingiu: 15,50 €uros. Agora parece-me não querer passar dos: 13,25 €uros.
    2) – Também segundo “muito boa gente”, o Preço Alvo a 12 Meses é : 15,44 €uros.
    3) – A verdade é que depois do A. C. o papel já recuperou cerca de: 1,75 €uros.
    4) – Como não é fiável fazer uma A. T. devido à pouca liquidez, virei-me para a “minha analise cíclica”.
    5) – Creio que o A. C. foi efectuado já no “fim de ciclo do papel”, esgotou o potencial de subida e espera-se, quanto a mim, uma queda +/- agressiva.

    Vou estar com atenção ao movimento do papel, mas vou colocar no Tópico do Caldeirão dois bonecos para justificar toda esta conversa.
    Não os coloco aqui porque me parece não me ser possível.

    CumPrim/
    valeaquilino.

  • Guilherme Neves
    Guilherme Neves 26 / 09 / 2017 Reply

    Em primeiro lugar, quero agradecer ao Valeaquilino por ter tido a atenção de ler o artigo e de analisar a Ibersol, percebo o que diz, no sentido em que recentemente a ação subiu bem, pelo que pode surgir algum aliviar da subida , no entanto pelo momento da economia nacional e iberica, não creio que em termos de geração de caixa o ciclo positivo esteja a terminar, bem pelo contrário o que a meu ver se irá refletir no medio prazo

  • Fisgas 02 / 10 / 2017 Reply

    Boa noite!
    Se percebi bem o autor desta análise tem um pseudónimo de “Artista Romeno”. E, caso não esteja errado, coisa me acontece com muita, muita frequência, gostaria de dizer que tenho uma profunda admiração pela participação do AR no “Caldeirão de bolsa”. Segundo o que se ouve, esse fórum é dos que tem maior participação a nível nacional. Infelizmente, na minha opinião, essa grande quantidade não se traduz em qualidade. Antes pelo contrário.
    No entanto, há meia dúzia de participantes que vale realmente a pena ler. E reler. E refletir sobre as suas opiniões e pontos de vista. O AR é, sem dúvida, um deles.
    Assim de repente, vem-me à memória as suas brilhantes análises da Corticeira e da Estoril Sol. Lamento não ter tido a coragem e esperteza de seguir essas dicas…
    Quanto à Ibersol, também estou investido há algum tempo. Não tenho nada a acrescentar à análise… Posso apenas referir que a minha tese inicial é que seria uma das beneficiadas da baixa de impostos na restauração.
    Sei que aqui não há “discos pedidos”, nem “poll” para análises fundamentais, mas, mesmo assim atrevo-me a deixar uma sugestão: SEMAPA.
    Cumprimentos, parabéns pelas interessantes análises e obrigado pelos ensinamentos.

  • Guilherme Neves 02 / 10 / 2017 Reply

    Obrigado fisgas, sou mesmo o AR e com contentamento que sei que gostas de me ler. Semapa nao digo que nao venha a faźer mas ha aqui uma dificuldade que o facto da pasta e do papel serem commodities mais dificeis de prever

Deixe uma resposta