Incerteza política na zona euro pode provocar subida de juros de algumas dívidas soberanas

Agência Lusa

Agência Lusa

, Notícias

O Banco Central Europeu (BCE) adverte que a incerteza política na zona euro poderia provocar a subida dos prémios de risco de algumas obrigações soberanas e criar preocupação face à sustentabilidade das dívidas de alguns países.

No último relatório de estabilidade financeira, o BCE adianta que, contudo, “a recuperação económica apoiou nos últimos seis meses as perspetivas da sustentabilidade da dívida soberana da zona euro”.

Também existem riscos associados “aos elevados níveis de dívida” no setor privado não financeiro, “tendo em conta os altos níveis de endividamento” das empresas da zona euro, tanto na comparação histórica como na internacional.

Mesmo assim, segundo o relatório semestral, a rentabilidade dos bancos da zona euro continua a ser um risco devido ao elevado número de créditos duvidosos que têm em carteira.

Os bancos da zona euro enfrentam alguns desafios estruturais como o “excesso de capacidade, a falta de diversificação de receitas e a ineficácia dos custos”.

Em geral, os indicadores de tensão sistémica para a zona euro mantiveram-se baixos nos últimos seis meses na zona euro devido à melhoria das perspetivas de crescimento e aos menores desequilíbrios fiscais e externos, refere o relatório.

Contudo, mantém-se o risco de uma correção rápida dos preços dos ativos nos mercados globais no futuro.

O BCE mostra-se preocupado com “a continuada compressão dos prémios de risco, a baixa volatilidade e os sinais de que aumentou a assunção de riscos nos mercados financeiros porque podem semear as sementes de grandes correções de preços de ativos no futuro”.

MC // ATR

Lusa/Fim

Deixe uma resposta