Índices Europeus – DAX poderá retrair nas próximas semanas

Tiago Esteves
Aproveitando o equilíbrio na sondagem, e o desafio lançado no Bulls & Bears, decidi avançar para a análise aos índices Europeus. Começando essa análise pelo DAX, tenho de me confessar um pouco preocupado. Apesar da lateralização ascendente que se arrasta desde Março, o índice fez agora um movimento que poderá ser o início de uma retracção mais significante. Repare-se no suporte quebrado, que vem de trás, e do pico de volume associado. Preocupante. Nem tanto pela zona de suporte em si, mas sobretudo pelo que o acompanha. A quebra desta primeira zona de suporte marca a activação de uma inversão de curto prazo, que aponta como projecção os 10222 pontos. Temos ainda, de maior referência para o médio prazo, um padrão “Batman” (não sei se é a designação oficial, apesar de o ter já visto com essa referência em algumas análises). É um padrão (marcado a castanho no gráfico) com características semelhantes às de um duplo topo, mas que em vez de fazer uma marcada retracção na zona central acaba por fazer uma moderada consolidação. Activando-se esse padrão, conhecido pelas características de inversão, poderá então o DAX entrar em problemas num timeframe já mais alargado. De vigiar, portanto, os 10140 pontos.

O gráfico horário mostra com um pouco mais de detalhe esta questão, já com um movimento descendente mantido por algum tempo. Temos aqui uma referência que importa acompanhar, por ser um possível ponto de viragem de curto prazo. Activado o padrão de inversão que parece estar a formar-se neste timeframe, poderíamos no mínimo assistir a um aliviar desta situação um pouco mais delicada. Fica então, numa perspectiva mais positivista, a marca dos 10450 pontos como ponto a vigiar. Entre uma e a outra marca, alguma coisa há-de provavelmente definir-se em breve.

Deixe uma resposta