Índices Europeus – A semana que passou e a que agora se inicia (2/11/14)

Tiago Esteves
Ficam os tópicos da análise desta semana aos índices Europeus:
– Arrancada ascendente de sexta-feira foi algo surpreendente, mas dentro das expectativas de curto prazo
– DAX continua a ser o índice europeu com mais vigor ascendente
– PSI-20 poderá arrancar para um ressalto mais duradouro se conseguir quebrar os 5270 pontos em alta

Comment List

  • Yautja 02 / 11 / 2014 Reply

    Boa tarde
    Na minha modesta opinião acho que era um grande sinal de força o Dax conseguir fechar o gap. Uma subida imediata nao me deixaria muito tranquilo para operar.
    Mas se conseguisse fechar o gap e depois ultrapassar a a resistência. Afirmaria que teríamos DAX com forca potencial para quebrar a resistência dos 9500 pts.
    Mas acho que o inicio da semana será de quedas ligeiras ate para osciladores descansarem…. depois o final da semana dirá para que lado vai reagir.

    Abraço

  • Daniel Pires 02 / 11 / 2014 Reply

    Bom comentario Tiago

    Estou totalmente de acordo com a estrategia de shortar o CAC em deterimento dos outros indices aquando uma futura recativação do sentimento de baixa sem duvida é o indice que nos ultimos meses apresentou uma maior fraqueza relativa.

  • Filipe Teixeira 03 / 11 / 2014 Reply

    Parabéns por mais uma interessante análise.

    Gostaria de deixar um pedido/desafio: E que tal uma análise ao índice japonês, face às recentes notícias?…

    Bons negócios.

  • Anónimo 03 / 11 / 2014 Reply

    Boa tarde Tiago. Atenção aos 61,8% de Fibo, e aos sinais que estão a ser dados pelo estocástico em 4h e 1h, isto para além do gap por fechar. Cumprimentos, Paulo Pinto.

  • Anónimo 03 / 11 / 2014 Reply

    Não existe razão psicológica nenhuma que justifique que um gap tem de ser fechado. Alias isso não passa de um mito. Um gap mostra que o mercado passou por um momento "caótico", e nada mais.
    Cumps

  • Anónimo 04 / 11 / 2014 Reply

    Bom dia. Razão psicológica? Que "raio" é isso? Mas, se vamos por aí, tudo não passa de um "mito". São gaps que são ou não fechados, resistências, suportes e LTA e LTD, que são ou não quebradas, indicadores, fibo, fractais que estão constantemente a ser "desmentidos"… Se tudo não passa de um "mito" que andamos nós aqui a fazer? Cumprimentos, Paulo Pinto.

  • Anónimo 04 / 11 / 2014 Reply

    Caro Paulo Pinto sem querer alongar a conversa. Então suponho que a sua base de negociação assenta única e exclusivamente na análise fundamental. Caso contrario saberia o que é a psicologia de massas que justifica e comprava a existência de resistências e suportes e também em pequena parte o respeito por linhas de tendência.
    Cumprimentos

Deixe uma resposta