Insolvências aumentam em janeiro e criação de novas empresas desce – Informa D&B

Agência Lusa

As insolvências aumentaram 18,6% em janeiro e a criação de novas empresas recuou 21% face ao mesmo período do ano passado, segundo o barómetro da Informa D&B hoje divulgado.

De acordo com a informação disponibilizada, em janeiro foram criadas 5.174 novas empresas um recuo de 21% face ao mesmo período de 2019, que tinha sido o mês com mais nascimentos de empresas nos últimos 10 anos.

“Esta quebra acentuada no nascimento de empresas é transversal a todos os setores de atividade, com exceção dos transportes, onde nasceram mais 17,3% de empresas do que em janeiro de 2019”, refere.

Os encerramentos de empresas têm uma redução também muito acentuada em todos os setores, tendo em janeiro encerrado menos 43,2% de empresas do que no período homólogo, acrescenta.

No que diz respeito às insolvências, que subiram 18,6% em janeiro, o barómetro destaca que “desde 2013 que este indicador registava uma tendência contínua de diminuição”.

“No ano passado, a queda nos novos processos de insolvência já não foi tão forte como nos anos anteriores, prenunciando alterações nesta tendência, que se acentuou no último trimestre de 2019”, sinaliza.

Os serviços empresariais e a agricultura e outros recursos naturais são os únicos setores que não registam uma subida das insolvências.

Apesar de uma subida muito reduzida (2%), as indústrias são o setor com mais casos de novas insolvências (52).

Entre os distritos mais representativos em número de empresas, a Informa D&B destaca Lisboa, Setúbal e Aveiro, que registaram um crescimento nas novas insolvências, e Porto e Faro, que têm menos insolvências do que em janeiro de 2019.

ICO // CSJ

Lusa/Fim

Deixe uma resposta