Jerónimo Martins põe fim ao mau momento

Tiago Esteves
Depois de uma pausa na tendência ascendente, a Jerónimo Martins parece estar de regresso ao bom momento. Com o primeiro sinal de força a ser dado pela manutenção do suporte dos 14,36, o movimento de breakout de ontem “promete” levar o título até ao máximo relativo anterior. O volume ascendente tem sido forte, suportando assim essa hipótese.

No gráfico horário, o movimento de ontem foi antecipado por um Cup & Handle de inversão. A projecção foi entretanto atingida, mas geralmente este tipo de padrões acaba por não se extinguir no ponto de projecção. Dada a rapidez do movimento ascendente, o ponto de stop continua ainda nos 14,75€, servindo no entanto a base da vela que deu origem ao movimento como suporte intermédio. Caso o actual movimento siga pelo melhor caminho e os 15,73 sejam quebrados em alta, o mínimo relativo que se parece querer formar nos 15,48 poderia passar a ser o próximo ponto de suporte.

Deixe uma resposta