Lucro do banco estatal brasileiro Caixa Económica Federal cresce 23% no primeiro trimestre

Agência Lusa

Agência Lusa

, Notícias

O banco estatal brasileiro Caixa Económica Federal registou um lucro líquido de 3.900 milhões de reais (890 milhões de euros) no primeiro trimestre, uma subida de 23% face ao mesmo período de 2018, anunciou hoje a instituição.

Segundo a Caixa, o resultado foi impulsionado pela estabilidade na margem financeira, pela redução de 24,4% das provisões em caso de eventual inadimplência (incumprimento de pagamentos) e pelo aumento de 2,3% na receita com prestação de serviços.

A Caixa Económica Federal é responsável por 68,8% do mercado de crédito imobiliário do Brasil.

O banco estatal brasileiro também anunciou que a taxa de inadimplência – com operações vencidas há mais de 90 dias – ficou em 2,47%, dado que indica uma redução de 0,44 pontos na comparação com o mesmo período de 2018.

A carteira de crédito ampliada alcançou um saldo de 685.000 milhões de reais (157,2 mil milhões de euros) em março, com redução de 2% em 12 meses, principalmente em função da queda de 18% na carteira de crédito comercial.

De acordo com as demonstrações financeiras, o banco encerrou o primeiro trimestre do ano com um património líquido de 85,6 mil milhões de reais (aproximadamente 19,6 mil milhões de euros), um aumento de 11,1% em relação ao mesmo período do ano anterior.

No final de março, o banco brasileiro divulgou que possuía 99,3 milhões de clientes, dos quais 96,5 milhões de pessoas físicas e 2,8 milhões de empresas.

CYR // PVJ

Lusa/Fim

Deixe uma resposta