Lucros do Atlântico Europa sobem 43% no 1.º semestre para 5,1ME

Agência Lusa

Agência Lusa

, Notícias

O resultado líquido do banco Atlântico Europa subiu 43% no primeiro semestre, face a igual período de 2017, para 5,1 milhões de euros, divulgou hoje a instituição financeira.

Em comunicado, o Atlântico Europa refere que o produto bancário aumentou 17% para 15,8 milhões de euros, “suportado pelo aumento da receita de tesouraria e mercados em 52% e das comissões líquidas em 38%”, em termos homólogos.

O rácio de solvabilidade fixou-se em 18,2%.

“O valor total de custos manteve-se inalterado face ao período homólogo, mesmo num enquadramento de crescimento do banco e consequente aumento de colaboradores nos últimos meses, que se traduziu num aumento de custos com pessoal de 13%, fruto de uma política de custos rigorosa”, adianta a instituição.

O crédito concedido foi de 77 milhões de euros, menos 11 milhões do que em igual período do ano passado, “resultado de uma política conservadora do Atlântico Europa na concessão de crédito e uma estratégia que privilegia a atividade transacional”.

O rácio de transformação diminuiu, resultado do crescimento dos depósitos de clientes em 5%, em simultâneo com a referida redução no crédito.

“A rendibilidade anualizada dos capitais próprios foi de 15,3%”, adianta.

No primeiro semestre, a instituição financeira “optou também pela liquidação integral antecipada das linhas de financiamentos disponibilizadas pelo Banco Central Europeu, resultando num decréscimo do total dos ativos líquidos”, prossegue.

“Sublinhe-se também o aumento de 61% dos valores entregues para o Fundo de Resolução, inscritos na rubrica de outros resultados de exploração, e imposto extraordinário para setor bancário, que no primeiro semestre de 2018 ascenderam a 2,2 milhões de euros, versus 1,4 milhões de euros no período homólogo de 2017”, conclui a entidade.

ALU // CSJ

Lusa/Fim

Deixe uma resposta