Martifer já ultrapassou os 100% de valorização em 6 meses!

Tiago Esteves

Depois de uma queda bastante considerável, que só desde o último ciclo ascendente representou 60% em pouco mais de um ano, a Martifer parece estar a recompor-se. Sem dúvida que, desde a ultrapassagem em alta dos 22,9 cêntimos, o título entrou num sustentável ciclo ascendente. Contudo, falta agora saber quanto tempo mais aguentará este ciclo sem quebrar. Dado o fraco volume geralmente associado a este título, as suas movimentações são grosseiras e difíceis de prever. Decidi por isso analisá-la hoje através do gráfico semanal, que é o timeframe ideal para se negociar este título. Com menor exposição e maior paciência, podemos observar que a linearidade do título torna relativamente simples uma antecipação das suas movimentações. Nesta fase, a referência-chave está nos 32,5 cêntimos. A quebrar em baixa, o título tem uma considerável margem para manobra depressiva. Pode inclusive aproximar-se novamente do importante suporte dos 26 cêntimos. Analisado em perspectiva, pode ver-se que o título parece desenhar um padrão rectangular que, como se sabe, tanto pode servir de movimento de inversão como de continuação. Eu diria que é para aí que devemos olhar nas próximas semanas. O sentido da quebra ditará com elevado grau de probabilidade o sentido do movimento subsequente. Até ver, a força da tendência indicia que a probabilidade de quebra será no sentido ascendente. Mas é fundamental manter a atenção à base do padrão!

Deixe uma resposta