Mota-Engil comprou 30 mil ações próprias e passa a deter 2,56%

Agência Lusa

Agência Lusa

, Notícias

A Mota-Engil comprou na quarta-feira um total de 30 mil ações próprias em várias operações, segundo um comunicado da construtora à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

“Após estas operações de compra, a Mota-Engil passou a deter 6.084.845 ações próprias, correspondentes a 2,5620% do seu capital social”, salientou a empresa.

A empresa recorda que a estratégia de compra de ações próprias, que tem levado a cabo, foi aprovada na assembleia-geral de acionistas, realizada em 11 de maio de 2018.

Nessa reunião, ficou decidido que “as ações próprias detidas, em cada momento, pela sociedade ou quaisquer sociedades dependentes, atuais ou futuras não podem exceder 10% do capital social, deduzidas as alienações efetuadas”, lê-se na ata da AG.

Os acionistas aprovaram um prazo de 18 meses para a realização destas operações, a partir da deliberação.

As ações da Mota-Engil subiram hoje menos de 1%, fechando em 1,60 euros.

ALYN (EO) // JNM

Lusa/Fim

Deixe uma resposta