Mota Engil com sinais de inversão de tendência

Tiago Esteves

 

Já desde Janeiro que não analisava publicamente a Mota Engil. E desde então, muita coisa mudou. A mudança mais marcada deu-se com a sinalização de uma potencial inversão de tendência de médio prazo, com a quebra em baixa do ponto de referência que eu tinha sinalizado na análise anterior (3,19€).

Admito que o meu optimismo refreou significativamente desde então. Nem tanto pela quebra isolada desse ponto-chave, mas sobretudo pelos sinais que o acompanharam. O mais relevante, de um ponto de vista técnico, é a sequência de máximos relativos consecutivamente inferiores ao anterior que se fez notar no timeframe diário. Repare-se que há dois máximos relativos claramente assinalados em Fevereiro e Maio, e o terceiro está prestes a ser também transformado em realidade. Para isso, basta apenas que os 2,81€ sejam quebrados em baixa. E tudo aponta para já nesse sentido. Há que analisar nesse sentido o momento técnico do gráfico horário.

No gráfico horário, depois de uma boa reacção à activação de um duplo fundo, vamos agora à boleia de um novo padrão de inversão muito semelhante ao que se gerou no timeframe diário (notem-se igualmente os 3 lower-highs no gráfico). E apesar de a projecção apontar “apenas” para os 2,84€ como target, é comum que a projecção ultrapasse o target estimado. O que, como vimos acima, teria consequências bastante negativas para o médio prazo da Mota Engil. 

 

Ora, em jeito de conclusão, fica então o alerta para a possibilidade de o título já se encontrar em inversão de tendência. A ter-se feito tudo de acordo com as regras de negociação, as posições longas foram significativamente reduzidas na quebra dos 3,19€ e haverá nesta fase já pouco a temer em termos de portfólio. Ainda assim, há que manter a atenção para os efeitos negativos que podem advir da quebra em baixa do ténue suporte dos 2,81€.

Esta semana teremos um webinário de análises a títulos do SP500. Como habitualmente, convido-os a juntarem-se a nós e a trazerem sugestões de títulos a analisar. Próxima quarta-feira, dia 25 de Julho, às 21 Horas. Deixo o link para registo grátis

 

 

 

 

Deixe uma resposta