Não queria ser negativista, mas…

Tiago Esteves
Estava aqui a fazer a habitual revisão à minha watchlist e verifiquei que a vela do dia 11 de Março, um bebé abandonado, poderá muito bem ter marcado o fim deste rally de curto prazo. É cada vez mais provável que a correcção se tenha iniciado…

Se assim for, recordo, não será mais do que normal! Temos uma subida de 18% em poucos dias sem grandes abrandamentos! Poderá ser a melhor altura para fazer scaling out de algumas posições que já se revelem muito ganhadoras, reservando no entanto uma parte da exposição para o caso de a correcção acabar antes do esperado.

Preparem-se também para o “cenário do fim do mundo”, para o pensamento negativista e de fim do bull market que assolará a maioria das mentes. Se esse pensamento chegar suprimam-no com racionalidade, a fronteira para o bear market está 30% abaixo deste ponto!

Não queria mesmo ser negativista e espero estar enganado, mas acho que já não vamos conseguir ultrapassar os 7600 pontos sem virmos pelo menos aos 7000…

Comment List

  • NCamilo 13 / 03 / 2014 Reply

    Mais uma vez obrigado Tiago pelos valiosos conselhos.

  • Anónimo 13 / 03 / 2014 Reply

    Olá Tiago,

    Peço-te que me esclareças apenas uma dúvida, se possível. Logo no primeiro parágrafo, onde dizes "a vela do dia 11 de Março, um bebé abandonado, poderá muito bem ter marcado o início deste rally de curto prazo", querias dizer o fim do rally de curto prazo. Ou não?

    PS: Continua com as tuas excelentes análises. Obrigado

  • Filipe 13 / 03 / 2014 Reply

    Boa tarde Tiago.

    Já não é a primeira, nem a segunda, nem a terceira vez que alertas para uma correcção e ela no dia a seguir acontece.

    Parabéns pela análise!

  • Hugo O'Neill 13 / 03 / 2014 Reply

    Com essa formação "Evening Star" apresentada, julgo que devemos rápidamente colocar os cintos, porque ele vai retrair (cair)e vai ser de elevador!!!

  • Tiago Esteves
    Tiago Esteves 13 / 03 / 2014 Reply

    Obrigado Nuno e Filipe.

    Caro anónimo, é isso mesmo… foi um erro, vou corrigir!

    Hugo, estava a tentar não dar demasiada importância à vela em si, mas de facto neste caso é bastante relevante. Poderemos ter um acelerar da correcção…

Deixe uma resposta