Nasdaq a preparar consolidação ou inversão?

Tiago Esteves
O Nasdaq está a passar actualmente por um bom momento, depois de activar um padrão de inversão no gráfico diário que teoricamente o poderá levar de novo até próximo de máximos. Se assim for, acaba-se a teoria negativista que aponta para um fim de ciclo…. Tecnicamente tem vindo a dar provas de que pode mesmo ser a sério, e por isso as expectativas são elevadas. Mas, para que tal aconteça, terá de ultrapassar uma pequena pedra na engrenagem que se está a formar em timeframes menores.

O gráfico horário sinaliza uma eventual retracção de curto prazo. Podem ser vistos neste gráfico três níveis de suporte. O primeiro ponto, que representou no gráfico de 30 minutos a activação de um round top, foi o sinal inicial de abrandamento. O segundo ponto sinalizou a quebra de um suporte importante no gráfico horário, o que também é sintomático do abrandamento. O terceiro ponto é, contudo, o mais importante. A quebra deste ponto representaria a activação de um padrão de inversão no gráfico de 4 horas, e teria sem quaisquer dúvidas um peso enorme no gráfico diário. Estamos a falar de um potencial descendente na ordem dos 80 pontos, o que é ainda bastante significativo.

Ora, o que representa então isto em termos práticos? A haver a manutenção deste ponto (4365), teremos uma consolidação de curto prazo que pode ser aproveitada a zona para abrir/reforçar posições longas. A quebrar, teremos com elevado grau de probabilidade uma retracção até à zona de suporte no gráfico diário. Aí, poderíamos testar uma entrada longa, de longo prazo, com um potencial de risco inferior. Ou, pelo contrário, poderíamos manter uma atenção especial sob o suporte, e observar oportunidades curtas caso se desse uma inversão de tendência. Apesar de ainda estarmos algo afastados desse cenário mais negativista, não tenho dúvidas em afirmar que os 4365 pontos são absolutamente fundamentais para o curto e médio prazo do índice.


Deixe uma resposta