O que se passa com a Altri?

Tiago Esteves
A Altri tem sido uma das surpresas de Dezembro, e não pelos melhores motivos! Desde o máximo atingido em finais de Novembro (saliente-se que foi ultrapassado o anterior topo) já caiu perto de 15% e os volumes não têm sido nada agradáveis nas últimas sessões. Apesar de o breakout ter sido bastante forte, representando uma subida de 30% num mês, esta descida começa já a perder os contornos de retracção salutar. A minha posição foi felizmente stopada logo no higher-low e aguardo agora por uma reacção para ponderar uma eventual reabertura.

Se as cotações chegarem à zona de suporte será de ponderar uma entrada, já que este suporte é de facto bastante forte. Mas de qualquer forma é de assinalar que, para todos os efeitos, continuamos a atravessar um período bullish na Altri. E se assim for, caso este cenário se mantenha intacto, as cotações não deverão atingir o suporte. Espera-se, pelo contrário, que voltemos rapidamente ao caminho das subidas. Mesmo que estivéssemos perante uma inversão da tendência ascendente, argumento que para já me parece muito especulativo, quase de certeza que teríamos mais uma leg up antes de o suporte ser quebrado em baixa.

Para a tendência de alta se manter inalterada teremos de assistir a uma inversão da tendência descendente de curto prazo e consequente recuperação da trajectória ascendente de médio e longo prazo rapidamente. Esperemos então por uma vela verde com forte volume, para nos assinalar de forma clara que o pior já passou!


Lista de Comentários

  • PBS 03 / 01 / 2014 Reply

    Começa-se a verificar esse leg up, não concordas Tiago?

    Eu abri posição nos 2.26 e para já não me arrependo.

    Abraço!

    PBS

  • Tiago Esteves
    Tiago Esteves 03 / 01 / 2014 Reply

    Olá PBS,
    Sim, tudo aponta nesse sentido. Em princípio já não deve vir abaixo, se vier é mau sinal!
    Abraço

  • PBS 03 / 01 / 2014 Reply

    Podes elaborar um pouco o teu raciocínio, quanto ao que pode significar uma eventual descida nos proximos dias?

    PBS

  • Tiago Esteves
    Tiago Esteves 03 / 01 / 2014 Reply

    É sempre possível que este raciocínio se revele errado e que a cotação comece a descer. Se acontecer não deve quebrar em baixa o suporte que já foi construído com esta reacção em alta.

    Se a quebra em baixo viesse a verificar-se estaríamos perante a quebra do higher-low, o que seria um enorme sinal de fraqueza e que poderia levar a cotação de volta aos 2€. Mas para já tudo indica que tal não deva acontecer

Deixe uma resposta